Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Autárquicas 2020/São Miguel: MpD promete continuar a apostar na modernização da agricultura

Calheta, 12 Out (Inforpress) – A modernização da agricultura com introdução de novas tecnologias, massificação de rega gota-a-gota, criação de pequenas feiras, capacitação e acesso ao crédito são algumas das propostas do candidato do Movimento para a Democracia (MpD) à câmara de São Miguel.

A comitiva “ventoinha” que no domingo privilegiou contacto porta-a-porta com o eleitorado de Flamengos, vai estar hoje nas zonas de Achada Batalha, Garçote e Achada Bolanha, no centro da cidade de Calheta.

Zonas estea que, segundo o candidato à sua própria sucessão à Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, receberam investimentos em vários domínios.

Em particular sobre a zona de Flamengos, uma bacia hidrográfica com grande potencial de produção agrícola, disse que já foram feitos investimentos na questão da modernização da agricultura com introdução de novas tecnologias de produção agrícola, com destaque para rega gota-a-gota, mas também com destaque para a mobilização da água e com implementação de sistema de bombagem, através de energias renováveis.

Mas, ainda, para o próximo mandato, caso vença às eleições, promete continuar a apostar na promoção de agricultura inteligente com recurso a tecnologia, disponibilizar mais microcrédito, através de parceria com a ASDIS, para que os agricultores possam expandir os seus produtos agrícolas.

“Estamos seguros que, com mais água que foi mobilizada esse ano, fruto da chuva que permitiu aumentar o aquífero e lençóis freáticos, no próximo ano a produção agrícola vai aumentar em grande escala nesta ribeira e vai aumentar, sobretudo, com o nosso apoio e incentivo para que os agricultores possam produzir com mais qualidade e com menos custo possível”, perspectivou.

No novo mandato, isso se vencerem, promete ainda contruir um pequeno matadouro municipal para controlar o abate de animais na via pública, investir na organização de pequenas feiras de gado, continuar a incentivar e a criar as condições para o escoamento de produtos.

Fez saber que existe uma cooperativa agrícola na ribeira de flamengos em que a câmara é parceira e que há protocolos com todas as associações de agricultores no município, mas no próximo mandato vão aumentar essas parceiras.

“Estamos a falar de um sector que emprega milhares de pessoas em São Miguel. Em cada uma das bacias hidrográficas, Flamengo, Ribeireta, Canto Grande e Ribeira de Principal, juntos empregam milhares de pessoas”, acentuou.

Nas eleições de 2016, concorreram, em São Miguel, três candidatos, tendo o MpD (Herménio Fernandes) conquistado a câmara com 4.146 votos (69,35%), o PAICV (Carla Carvalho) alcançado 1.518 votos (25,39%) e o PP (Alberto Correia) 125 votos (2,09%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em São Miguel, estão inscritos nos cadernos eleitorais 10.218 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 9.468, dos quais 5.978 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

AM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos