Autárquicas 2020/São Miguel: Leocádia Furtado promete inovação na Assembleia Municipal

Calheta, 17 Out (Inforpress) – Leocádia Furtado, candidata do Movimento para a Democracia, à Assembleia Municipal de São Miguel, quer continuar a servir com dedicação e amor os micaelenses, prometendo levar inovação para este órgão, para que a voz de todos sejam ouvidos.

É com o mesmo comprometimento que esta enfermeira de profissão resolveu fazer dupla com Herménio Fernandes, candidato à presidente de Câmara Municipal de São Miguel, para continuar a dar o seu contributo para o desenvolvimento deste município, que chama de “querido”.

Em declarações à Inforpress, Leocádia Furtado disse que aceitou este desafio apenas para continuar a servir São Miguel “com dedicação, com amor e com entusiamo”.

“O compromisso de sempre, primeiro ter todos os micaelenses no centro da nossa atenção, continuar a defender o povo de São Miguel, dentro daquilo que é a nossa responsabilidade, cumprindo o regimento, cumprindo o estatuto dos eleitos municipais, estar sempre perto das pessoas”, afirmou.

A candidata à sua própria sucessão, promete ainda fazer uma presidência de proximidade, ouvindo, escutando e mais do que tudo, sempre, levando os problemas da população para câmara municipal para serem resolvidos.

O evento da pandemia do novo coronavírus, que para além de levar todos a mudança de comportamento e de atitude, fez com que os políticos sejam inovadores, criando novas formas de dar vez e voz aos micaelenses, precisamente aqueles que por diversos motivos não têm como participar nas sessões da assembleia.

Neste sentido, propõe, caso volte a assumir à presidência da AM, dotar este órgão de fiscalização da câmara com meios de tecnologia modernos, para que todos tenham voz e vez na Assembleia Municipal de São Miguel.

“Nem todas as pessoas poderão deslocar-se das suas casas por causa de problemas de saúde, como os doentes crónicos, os diabéticos, asmáticos, entre outros, sendo assim nós é que temos de arranjar soluções para que os problemas dessas pessoas também cheguem à assembleia e cheguem em boa hora e lhes seja data uma resposta célere”, elucidou.

A descentralização das sessões da assembleia municipal é uma das apostas desta candidatura.

Na manhã de hoje, a comitiva “ventoinha” vai estar na ribeira de São Miguel e no período da tarde num encontro com às mulheres de Achada Monte.

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram, em São Miguel, três candidatos, tendo o MpD (Herménio Fernandes) conquistado a câmara com 4.146 votos (69,35%), o PAICV (Carla Carvalho) alcançado 1.518 votos (25,39%) e o PP (Alberto Correia) 125 votos (2,09%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em São Miguel, estão inscritos 10.218 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 9.468, dos quais 5.978 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

AM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos