Autárquicas 2020/São Lourenço dos Órgãos: PAICV vai testar orçamento participativo nas zonas altas 

João Teves, 21 Out (Inforpress) – O PAICV anunciou que vai desenvolver, nas zonas altas do município de São Lourenço dos Órgãos, como projecto piloto, o orçamento participativo, que inclui contribuições da comunidade sobre possíveis intervenções e cujo resultado será incorporado no orçamento municipal.

“Com esta medida, vamos promover o desenvolvimento e trabalhar na melhoria da qualidade de vida de todas as famílias que vão passar a ter casas de banho integradas nas habitações e, no futuro, passarão a ter água domiciliária para terem mais tempo para outros afazeres”, disse António Fernandes (Tone).

O candidato do PAICV prometeu uma unidade de recolha de produtos a serem, posteriormente, encaminhados para o Centro Pós-Colheita ou para unidades que vão promover para a transformação dos produtos agrícolas para que os agricultores e as famílias possam ter mais rendimentos e os jovens terem oportunidade de trabalho na agricultura e desenvolver a sua aptidão formativa e educativa.

Segundo Tone, só desta forma se pode querer um “Órgãos pa nos tudo.” Para os jovens, promete uma rede de transporte escolar à semelhança da rede montada pela equipa e Victor Baessa (2008/2016) tanto do ensino secundário como a nível superior, assim como na formação superior no exterior.

“A equipa de Victor Baessa promovia esta formação com inscrição gratuita. Mas esta câmara municipal introduziu uma inscrição de dois mil escudos que nós vamos banir”,  avisou aos jovens para acrescentar que “a sua equipa na câmara terá de se organizar para estruturar um dossiê de jovens de forma a solicitar o visto atempadamente evitando atrasos desnecessários”.

Apelou aos jovens para acreditarem nesta equipa de António Fernandes porque, prometeu, vão trabalhar com todos os jovens do concelho.

António Fernandes inclui os idosos na sua intenção de levar assistência médica à localidade, através da reabilitação da unidade sanitária de base, dotada de um técnico de enfermagem permanente e visita regular de um médico.

Outra medida anunciada é a criação de uma delegação municipal nas zonas altas para atender os munícipes em questões municipais evitando a sua deslocação até a cidade de João Teves.

Na conversa com as famílias, garantiu apoio os agricultores e criadores de gado e a incrementação da plantação de fruteiras como forma de diversificar o consumo e garantir maior rendimento às famílias numa zona propícia a esta lavoura.

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde, para escolha dos titulares dos órgãos municipais de São Lourenço dos Órgãos concorreram Carlos Vasconcelos, pelo MpD, que venceu com 2.013 votos (49,11%) e Victor Baessa, pelo PAICV, que obteve 1.965 votos (47,94%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos eleitorais 5.746 eleitores, (em 2016 o número de inscritos era de 5.268, dos quais 4.099 votaram).

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

AT/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos