Autárquicas 2020/São Filipe: Propostas da UCID são sérias e melhores para desenvolvimento do município – Pedro Ribeiro

São Filipe, 23 Out (Inforpress) – As propostas eleitorais da UCID são “sérias e melhores” para o desenvolvimento do município que precisa de tudo, razão pela qual Pedro Ribeiro espera um resultado positivo no domingo.

Depois de percorrer todo o município, mostrando a realidade e apresentando propostas para seu desenvolvimento, Pedro Ribeiro disse que a mensagem foi bem-recebida pelo eleitorado, explicando que a UCID fez campanha e “não participação em carnavais” como as demais candidaturas que limitaram a repetir as propostas da UCID, utilizando os mesmos termos.

“Ficarei triste, na eventualidade, de não ganhar essas eleições porque nada vai mudar vencendo o MpD ou o PAICV”, referiu Pedro Ribeiro.

Apesar de acreditar na vitória, reconhece que não é fácil dada a dimensão da “compra descarada da consciência das pessoas”, acusando a câmara cessante de negociar com o financiador e candidato grande volume de materiais de construção para ofertar.

“Essas pessoas dadas as suas vulnerabilidades podem condicionar os seus votos”, afirmou o candidato, para quem as pessoas que querem o crescimento e desenvolvimento reconhecem que a proposta da UCID é “melhor” e que ele está “melhor preparado” para gerir o município, seja tecnicamente como a nível de idoneidade e credibilidade, já que os concorrentes “não inspiram confiança”.

Pedro Ribeiro quer “vencer e vencer bem” porque entrou nesta luta para ganhar, mas perante o cenário registado durante a campanha com envolvimento de membros do Governo e de outras instituições, gastando milhares de contos na compra de consciência, elegendo vereadores e deputados municipais, ficaria orgulhoso da sua participação.

Independentemente do resultado estará sempre presente e vigilante para acompanhar e fiscalizar e para mostrar aos eleitores que fizeram uma “má escolha”, porque nem com Jorge Nogueira e nem com Nuias Silva o município de São Filipe ganhará competitividade e desenvolvimento.

Como funcionário público regressará à Praia, caso perda, mas continuará atento e sempre que possível deslocar-se-á a São Filipe para dar o seu contributo e fiscalizar as acções.

Hoje a candidatura da UCID vai percorrer os bairros de São Filipe e visitar as localidades de Galinheiro, S. Jorge e Campanas de Baixo.

Nas eleições de 2016, concorreram um total de três candidatos no concelho de São Filipe, tendo o MpD (Jorge Nogueira) alcançado 4.381 votos (48,84%), o PAICV (Eugénio Veiga) alcançado 2.563 votos (28,57%) e o GPAIS (Luís Pires) alcançado 1.882 (20,98%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, no município de São Filipe, está inscrito nos cadernos eleitorais um total de 15.531 eleitores distribuídos por 71 mesas de assembleias de votos (mais 1.224 eleitores que em 2016, distribuídos por 52 mesas de assembleias de voto), dos quais 8.970 votaram.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos