Autárquicas 2020/São Domingos: “Ami é San Domingus” quer Centro de Variante alinhado com estratégias de desenvolvimento do município

São Domingos, 16 Out (Inforpress) – A candidatura da Plataforma independente “Ami é San Domingus”, à liderança dos órgãos municipais de São Domingos, encabeçada por Milton Paiva, quer o Centro da Variante alinhado com as estratégias de desenvolvimento do município.

Milton Paiva afirma que este centro que é da competência do Governo central, tem já um “papel histórico” de uma espécie de universidade técnica do município, que já formou muitas pessoas.

Por isso se a plataforma “Ami é San Domingus” vencer as eleições vai sentar com o IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional) e o Governo para apresentar a sua estratégia de desenvolvimento e ver em que pontos o IEFP pode convergir com a equipa camarária para acelerar o desenvolvimento do município de São Domingos.

“Sabemos que o IEFP tem instrumentos comuns, mas aqui no município de São Domingos precisamos de uma atenção particular às potencialidades do concelho. Precisamos de um centro com força na formação para áreas agrícolas, da pecuária, da pesca e para hotelaria e manutenção industrial”, anotou o candidato no final de uma visita realizada à infra-estrutura.

Milton Paiva sublinhou que nas proximidades do centro há diversas iniciativas privadas que estão a formar uma pequena parcela de extensão industrial, que a sua candidatura apoia e incentiva porque sabe que além dos postos de trabalho acolhem jovens aprendizes que posteriormente terão garantido os seus postos de trabalho.

Neste sábado, além de contactos porta-a-porta nas zonas de Banana e Achada Lama,  a candidatura da plataforma “Ami é San Domingus” procede ao lançamento do seu site oficial (amiesadomingus.org) e a versão mais desenvolvida da plataforma  e estratégias de desenvolvimento, propostas pela candidatura que tem por lema “São Domingos primeiro”.

“Nós já tínhamos lançado uma brochura. Sabemos que nem todas pessoas têm interesse em manejar documentos maiores, mas há um público esclarecido de quadros, empresários que precisam saber o tempo e qualidade que investimos em trabalhar as propostas de desenvolvimento do município e que não estamos aqui apenas em folclore e desfiles com batidas no carro”, sublinhou.

Para além da plataforma “Ami é San Domingus” liderada por Milton Paiva, concorrem para as eleições dos órgãos autárquicos em São Domingos as listas do MpD, encabeçada por Clemente Garcia, e do PAICV, por Isaías Varela.

Nas autárquicas de 2016, em São Domingos, concorreram o MpD (Clemente Garcia) que conquistou a câmara com 61,22%, e o PAICV (Mário Lima) 36,19%.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos no município 9.554 eleitores.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos