Autárquicas 2020/São Domingos: “Ami é San Domingus” já é um “actor político incontornável” de futuro de São Domingos – Milton Paiva

São Domingos, 15 Out (Inforpress) – O candidato de “Ami é San Domingus”, à presidência da Câmara Municipal de São Domingos, Milton Paiva, demonstrou-se hoje convicto de que a plataforma independente já é um “actor político incontornável” de futuro de São Domingos.

Ao fim de oito dias de campanha eleitoral para visitar a maioria dos mais de 35 povoados do município, Milton Paiva fez um balanço “muito positivo” das acções de terreno e afirmou que a constatação é que a plataforma independente está “altamente sintonizada” com as populações a quererem muito mais para São Domingos.

“Estamos a constatar que não estamos desfasados. As pessoas querem que São Domingos mude de facto. As pessoas não estão nada modestas e são altamente exigentes”, disse, indicando que os sandominguenses acreditam que a plataforma independente pode contribuir para essa mudança.

“Os nossos indicadores de desenvolvimento são baixos, nomeadamente o acesso à Internet, computadores, água na rede, emprego e as pessoas estão um pouco saturadas de caminhar nesse ritmo, porque entendem que o mundo avançou, e mesmo outros municípios de Cabo Verde com condições similares são mais desenvolvidos. Portanto, estamos altamente sintonizados e estamos a crescer”, notou.

Milton Paiva acrescentou ainda que o contacto com a comunidade está sendo uma “dinâmica positiva” e que ele e sua equipa já estão convencidos de que “Ami é San Domingus” já é “um actor político incontornável de futuro de São Domingos”.

Milton Paiva, que tem como lema “São Domingos primeiro”, promete integrar o município na grande região metropolitana da Praia, atrair as indústrias e transformar a cidade de São Domingos numa cidade, de facto, virada para o comércio e eventos como forma de dinamizar a economia local.

Tem intercalado as visitas às comunidades para ouvir as suas preocupações e apresentação de propostas com visitas aos empreendimentos privados por forma a incentivar e declarar abertura de colaboração, caso for eleito presidente da Câmara Municipal no dia 25 de Outubro.

“Os empreendedores são a outra metade da moeda. A câmara e Governo são muito importantes, mas são 50% de produção de soluções e a outra parte são os empreendedores privados, desde os mais pequenos aos maiores”, disse, defendendo a promoção de parcerias publico-privado para dinamização da criação do emprego no município, que aponta como principal desafio de “Ami é San Domingus”.

Hoje a candidatura está na zona de Achada Baleia.

Para além da plataforma “Ami é San Domingus”, liderada por Milton Paiva, concorrem para as eleições dos órgãos autárquicos em São Domingos as listas do MpD, encabeçada por Clemente Garcia, e do PAICV, por Isaías Varela.

Nas autárquicas de 2016, em São Domingos, concorreram o MpD (Clemente Garcia), que conquistou a câmara com 61,22% dos votos, e o PAICV (Mário Lima) 36,19%.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos no município 9.554 eleitores.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

MJB/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos