Autárquicas 2020/Santa Cruz: Tudo a postos para as eleições em segurança, garante a delegada da CNE

Pedra Badejo, 24 Out (Inforpress) – Dezassete mil e noventa e nove eleitores decidem neste domingo quem vai liderar a autarquia santa-cruzense nos próximos quatro anos e tudo está a postos para o normal funcionamento das mesas, mediante as medidas de prevenção da covid-19.

A garantia foi dada à Inforpress pela delegada da Comissão Nacional de Eleições (CNE) em Santa Cruz, Dulcelina Alves, que explicou que desde a manhã de hoje as equipas estão no terreno a entregar os materiais necessários para os presidentes de 70 mesas de votos.

“Temos equipa organizada para fazer a recolha de forma descentralizada depois do apuramento”, garantiu.

Segundo ela, tendo em conta o cenário da pandemia da covid-19, que fez estas eleições autárquicas acontecer num cenário diferente, a CNE adoptou um conjunto medidas de prevenção da doença nas mesas de votos e durante todo o processo eleitoral.

“O pessoal das mesas de voto recebe kits com coletes de protecção, máscaras, álcool gel, mas também a própria sala de voto vai estar bem higienizada e organizada, de forma a criar um certo distanciamento”, demonstrou, salientando que cada mesa de voto vai ter um fiscal para evitar a aglomeração de pessoas e agentes de higienização responsáveis pela desinfecção.

A responsável da CNE apelou aos membros das mesas de voto para dirigirem-se para os seus respectivos locais de trabalho às 06:00 para que se possa dar o início às votações às 07:00, conforme está previsto.

“Aos eleitores, apelamos sobretudo ao bom senso, porque estamos a viver uma situação diferente, situação em que todos nós somos convocados a primar pela nossa segurança contra a covid-19”, invocou, alertando aos cidadãos para dirigirem-se cedo para as mesas de votos e se possível para levarem as suas canetas, de forma a evitar a propagação da covid-19.

No embate autárquico deste domingo em Santa Cruz, estão Carlos Silva “Sueck”, candidato à sua própria sucessão suportado pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), e Pedro Alexandre, concorrente do Movimento para a Democracia (MpD).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais do concelho de Santa Cruz, concorreram dois candidatos, tendo o PAICV (Carlos Silva) conquistado a câmara com 5.542 votos (50,30%) e o MpD (Manuel da Luz Tavares) obtido 5.227 votos (47,44%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em Santa Cruz, estão inscritos nos cadernos eleitorais 17.099 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 15.866, dos quais 10.726 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

WM/DR
Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos