Autárquicas 2020/Santa Cruz: Presidente do MpD pede um voto de confiança na candidatura do partido

Pedra Badejo, 20 Out (Inforpress) –  O presidente do Movimento para a Democracia (MpD, poder) pediu hoje aos santa-cruzenses um voto de confiança na candidatura do seu partido liderada por Pedro Alexandre e Orlando Dias à liderança da câmara e assembleia municipais, respectivamente.

Ulisses Correia e Silva, que fez este apelo em declarações à imprensa, após uma passeata pelas ruas da cidade de Pedra Badejo com caravana do MpD, afirmou que o candidato Pedro Alexandre constitui um “grande caminho” da mudança, pelo que apela a todos os munícipes para irem votar no dia 25 de Outubro.

“Mudando vamos ficar melhor porque temos um candidato com experiência, com muita capacidade de trabalho, um homem honesto, íntegro, que conhece e ama o seu concelho”, demonstrou, salientando que isso é razão mais do que suficiente para merecer um voto de confiança.

O também primeiro-ministro referiu que a candidatura de Pedro Alexandre tem um “bom programa” e uma visão partilhada com o Governo, o que, do seu ponto de vista, facilita, uma nova fase e um novo mandato, que visa fazer “mais e melhor” para Santa Cruz.

Instando sobre a sua percepção no terreno da candidatura do MpD em Santa Cruz, Ulisses Correia e Silva respondeu de forma positiva, ressaltando que é um bom indicador de que se está, de facto, num ambiente propício para a mudança.

Por sua vez, o candidato Pedro Alexandre fez um apelo a todos os cidadãos santa-cruzenses para dirigirem-se às mesas de voto no domingo, para darem “um voto de confiança e de mudança”.

“É a nossa convicção, por aquilo que sentimos no terreno, pela apreciação e pelos apoios que recebemos para todos os lugares, de que no dia 25 vamos ganhar estas eleições para sermos um presidente de Santa Cruz, um servidor público para servir todos os munícipes”, afiançou.

Pedro Alexandre reafirmou que a sua atenção está direccionada para a juventude, lembrando que em Santa Cruz se está perante um cenário “degradante”.

“Temos cerca de 40 por cento (%) dos nossos jovens em situação do desemprego, temos uma alta taxa de abandono escolar a nível secundário e a nível superior, apenas 08% dos nossos jovens vão para o ensino superior, temos, portanto, um cenário desolador para a  nossa juventude, que vive no desemprego, temos muitos jovens com 12º ano de escolaridade que vivem sem perspectiva do futuro”, indicou o candidato do MpD.

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, no concelho de Santa Cruz, concorreram dois candidatos, tendo o PAICV (Carlos Silva) conquistado a câmara com 5.542 votos (50,30%) e o MpD (Manuel da Luz Tavares) obtido 5.227 votos (47,44%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, em Santa Cruz, estão inscritos 17.137 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 15.866, dos quais 10.726 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

WM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos