Autárquicas 2020/Santa Catarina: MpD vaticina uma agricultura e pecuária “moderna” e virada para o mercado

Assomada, 17 Out (Inforpress) – O candidato do Movimento para a Democracia (MpD) à câmara de Santa Catarina quer que a prática da agricultura e criação de gado nas localidades seja “moderna” e virada para o mercado, sobretudo o turístico.

Esses são alguns dos compromissos de José Alves Fernandes, cabeça de lista nas eleições de 25 de Outubro, para estes sectores primários que, conforme avançou à Inforpress, faz parte da sua plataforma eleitoral e consta num dos eixos estratégicos do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável para horizonte 2020-2024, já aprovado.

“A agricultura para nós é importante, porque somos o maior concelho agrícola do país, por isso a nossa aposta tem que passar pela agricultura”, concretizou o candidato, que concorre à própria sucessão.

Tal modernização, segundo ele, passa pela introdução de novas, de novas culturas e massificação de água, através da dessalinização, para que estes sectores possam ter uma produção virada para o mercado, sobretudo, o turístico.

“É uma verdadeira modernização que vai conjugar com a certificação de produtos agrícolas, tendo em conta que vamos ter um centro de certificação, para que possamos estar em condições de atingir o mercado turístico, porque não é apenas produzir, mas, é produzir com qualidade”, vaticinou.

Ainda para este sector, José Alves Fernandes assegurou que caso vença as eleições os jovens vão ter financiamentos para equiparem as suas parcelas e produzir com regularidade, em quantidade e em qualidade.

Já para o sector da pecuária, apontou o matadouro industrial como a “principal aposta” para este sector primário, que quer que seja “moderno e virado para o mercado e com produção em grande escala”.

Hoje a candidatura do MpD, que tem Eurico da Moura para a assembleia municipal, vai estar em porta-a-porta e terá encontros com as populações de Assomada, Achada Riba e Trás de Banco.

Nas autárquicas de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, no concelho de Santa Catarina concorreram dois candidatos, tendo o MpD (José Alves) conquistado a câmara com 7.705 votos (49,86%), e o PAICV (Alcídio Tavares) obtido 7.289 votos (47,17%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos 26.300 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 24.398, dos quais 15.452 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

FM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos