Autárquicas 2020/Santa Catarina do Fogo: “Balanço extremamente positivo” do meio percurso de campanha – PAICV

Santa Catarina, 16 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo, Eugénio Veiga, faz um balanço “extremamente positivo”, desse meio percurso de campanha e garante que há uma participação “mais dinâmica” das pessoas.

“O balanço é extremamente positivo, as pessoas estão mais activas, a cada dia há mais militantes e estamos confiantes de que a vitória será nossa se tudo continuar desta maneira”, afirmou Eugênio Veiga, em Achada Furna.

O candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) assegurou que o seu partido vai ganhar as autárquicas de 25 de Outubro para transformar Santa Catarina e melhorar a vida da população deste município, que, no seu entender, não reconhece o trabalho de Alberto Nunes durante os últimos 4 anos.

Esta quinta-feira a equipa do PAICV esteve de visita a Achada Furna e fez questão de dizer que todas as marcas que estão em Santa Catarina e na ilha em geral pertencem ao partido tambarina e não ao MpD.

“As casas que estão aqui são do PAICV, a electricidade também a pertence. A marca do MpD é a de miséria, de pobreza e de desprezo para com as gentes desta ilha”, acrescentou.

Eugénio Veiga que disputa a câmara de Santa Catarina do Fogo com Alberto Nunes do MpD promete lutar firmemente para o desenvolvimento urbano de Achada Furna, para que seja ambientalmente sustentável e adiantou que “vai apostar fortemente no progresso da fruticultura”.

O candidato do PAICV afiançou que com a fruticultura em Achada Furna aprimorada, vai tornar a localidade competitiva com a cidade de Cova Figueira e não só.

Para a juventude dispôs-se em construir um campo de futebol e que “já vão à procura de um terreno para a sua materialização”.

No final do discurso pediu aos residentes de Achada Furna um voto de confiança, para poder mudar Santa Catarina e colocá-la num “outro patamar”, acrescentando que “vai fazer a sua campanha de forma serena e civilizada, porque o partido pelo qual representa é símbolo de amor e paz.”

Quanto ao comportamento dos militantes nesta fase da covid-19, o proponente do PAICV afirmou que as pessoas estão a “comportar-se com responsabilidade, utilizando máscaras permanentemente”.

Em relação ao distanciamento social que tem sido ignorado nestes dias de campanha, Eugénio Veiga assumiu que é impossível neste momento estar distante uma da outra e culpou o Governo pela entrada e expansão da doença no país.

A caravana do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) que tem como único opositor em Santa Catarina, o Movimento para a Democracia (MpD) visitará esta sexta-feira, Cabeça Fundão.

“Nas eleições de 2016, concorreram dois candidatos em Santa Catarina do Fogo, tendo o MpD (Alberto Nunes) conquistado a câmara com 1.356 votos (53,05%), e o PAICV (Waldemar Pires) 1.167 votos (45,66%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro estão inscritos 3.981 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 3.435, dos quais 2.556 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (1 no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1)”.

CGP/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos