Autárquicas 2020/Sal: Confiante na vitória Júlio Lopes congratula-se com consignação das obras de asfaltagem da cidade de Espargos

Espargos, 15 Out. (Inforpress) – Júlio Lopes, candidato à sua própria sucessão à presidência da Câmara Municipal do Sal, diz-se “ciente da vitória”, e congratula-se com a consignação das obras de asfaltagem da cidade dos Espargos, à empresa Empreitel Figueiredo.

Júlio Lopes que mais uma vez almeja ocupar a cadeira da presidência municipal para conduzir os destinos da ilha turística, explicou em declarações à Inforpress, que este concurso público vem se arrastando há vários meses, e só saiu agora por causa da situação do coronavírus que ensombra o País e a ilha.

Com esta notícia, fazendo fé na vitória no dia 25 de Outubro, acentuou que a configuração de cidades saudáveis, requalificadas, pavimentadas com espaço verde e equipamentos sociais, cidades limpas e organizadas, corresponde a uma das prioridades que terá continuidade no ciclo 2020-24.

Neste particular, referiu que as centralidades de Espargos, Pedra de Lume, Santa Maria e Palmeira vão continuar a ser objecto de mais investimentos em termos de requalificação urbana e de equipamentos públicos.

Segundo Júlio Lopes, o plano prevê asfaltar cerca de dez quilómetros da cidade dos Espargos, designadamente, todas as ruas antigas de Preguiça, Ribeira Funda, circular dos Espargos, e algumas ruas “estruturantes” como Ribeira d’Oze, Morro Curral, passando por Hortelã.

“A nossa aposta continua a ser a asfaltagem das ruas estruturantes das nossas cidades. Os passeios com calçada artística com base em pedra basáltica. Vamos investir mais no urbanismo táctico”, consubstanciou.

“Ou seja, intervenções ao nível micro de ruas e zonas para reabilitação de estradas, passeios, praças, parques, programa de incentivos a reboque e pintura das fachadas etc…”, relatou, acrescentando, ao mesmo tempo, que a nova câmara vai reforçar o sistema de fiscalização de obras e construções.

Questionado sobre o que lhe dá a certeza da vitória, Júlio Lopes responde da seguinte forma: “O povo do Sal é inteligente, sabe quem dá garantias de continuar o trabalho em curso. Por isso vai votar na continuidade porque não quer e nem vai pôr em causa tudo o que já foi alcançado até agora”, sustentou.

“O povo do Sal vai votar em nós porque prometemos e cumprimos”, finalizou.

Na ilha do Sal, concorrem para estas eleições autárquicas, Albertino Mosso, apoiado pelo PAICV, o grupo Independente – Sociedade em Acção para a Liberdade -, encabeçado por Adirley Gomes, e o Movimento para a Democracia (MpD), liderado por Júlio Lopes.

Nas autárquicas de 2016, na ilha do Sal concorreram quatro candidatos, sendo Júlio Lopes (MpD), que ganhou a câmara com  50,88% dos votos, Démis Lobo (PAICV) que obteve 43,58% dos votos, Jorge Rocha (UCID) 2,82%, e Paulo Jorge Lopes (PSD) 0,34%.

Para as eleições do dia 25 de Outubro, na ilha do Sal, estão inscritos nos cadernos eleitorais 18.710 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 16.744, dos quais 9.633 votaram) distribuídos por 67 mesas de voto.

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

SC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos