Autárquicas 2020/Ribeira Grande: Paulino Dias promete nova visão urbanística com envolvimento da protecção civil

Ribeira Grande, 21 Out (Inforpress) – O candidato do grupo independente Alternativa Ribeira Grande (ARG), Paulino Dias, garantiu hoje que caso for eleito à presidente da câmara da Ribeira Grande, vai introduzir um novo modelo de planeamento Urbanístico para a cidade da Ribeira Grande.

Paulino Dias vê na actual gestão urbanística do concelho um planeamento de perigo e prometeu inverter essa situação, contando com o envolvimento da Protecção Civil e dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande.

É que segundo o candidato, é fundamental a participação da Protecção Civil e do corpo de Bombeiros Voluntários para uma melhor gestão. Dias apostou na prevenção e mitigação de risco de toda a natureza, para dar respostas à má gestão do planeamento urbanístico.

“A nível da prevenção a nossa filosofia vai centrar-se no envolvimento efectivo do serviço municipal de protecção civil e do corpo de bombeiros no processo de tomada de decisões e no planeamento e ordenamento do território, para evitar situações que constatamos nos bairros de Quilombo e Monto Sossego na Ponta do Sol e outros espaços de expansão urbana”, disse Paulino Dias.

O candidato defendeu que não houve uma gestão planificada com o envolvimento da protecção civil “basta entrar pelas ruelas de bairros como Quilombo e constatar claramente, que é impossível uma viatura do corpo de bombeiros entrar nessas ruelas numa situação de combate a incêndios ou evacuação de alguma pessoa acidentada, vale sublinhar que trata-se de bairros novos”, disse Paulino Dias.

Dias prometeu mudar através de uma gestão baseada na prevenção e na melhoria da capacidade de resposta. O candidato quer uma governação municipal com um novo estilo, dando aos munícipes voz, para que juntos possam encontrar soluções para os problemas de cada localidade.

Caso vença as eleições o candidato disse que pretende trabalhar com a protecção civil e os bombeiros voluntários na planificação de formas seguras do planeamento urbanístico para os habitantes de Ribeira Grande.

A dupla Paulino Dias (candidato à Câmara Municipal da Ribeira Grande) e Licínia Leite (candidata à assembleia municipal) e a sua comitiva querem mudança para Ribeira Grande.

Para além de Paulino Dias, participam na corrida à Câmara Municipal da Ribeira Grande, Orlando Delgado do Movimento para a Democracia (MpD), e Odailson Bandeira, do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Dados fornecidos pela Comissão de Recenseamento da Ribeira Grande indicam que para as eleições do dia 25 de Outubro, neste concelho, estão inscritos 13.338 eleitores dos quais 10 são cidadãos estrangeiros.

Nas autárquicas de 2016 concorreram Orlando Rocha Delgado, pelo MpD, que alcançou a maioria absoluta na câmara com 61,77 por cento (%) dos votos, Leonesa Fortes (PAICV) que conseguiu 24,77%, e António Rodrigues (UCID) que alcançou 8,51% dos votos.

A nível nacional, na corrida para as autárquicas de 25 de Outubro participa um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para a Assembleia Municipal da Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), de São Domingos (1), do Tarrafal de São Nicolau (1), do Sal (1) do Tarrafal (2), da Praia (4) e de São Vicente (1).

RS/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos