Autárquicas 2020/Ribeira Grande: Candidato do PAICV promete criar órgão consultivo para juventude

Ribeira Grande, 21 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à presidência da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Odailson Bandeira, disse hoje à Inforpress que, se for eleito, vai criar um órgão consultivo para auscultar os problemas e as propostas da juventude.

“Vamos criar espaços de diálogo e de reflexão junto da juventude entre os quais um órgão consultivo municipal”, atestou o candidato do partido da ‘Estrela Negra’, explicando que esse órgão será integrado por representantes da juventude e de todos os actores que têm vocação para desenvolver políticas e medidas que visem o bem-estar da juventude.

Outra medida que Odailson Bandeira tem vindo a socializar junto dos jovens durante esta campanha eleitoral é a criação e institucionalização do “fórum da juventude” e da “semana da juventude” como espaços em que os jovens de todas as localidades possam encontrar-se para discutirem acções concretas para a juventude.

Prometeu apostar na área dos microprojectos, com incentivos fiscais e parafiscais, com a desburocratização da obtenção de licenças e com a disponibilização de uma linha de crédito, até ao limite de 300 contos, em que a câmara assumirá os encargos com as taxas de juro e a comissão de gestão e os jovens só terão de pagar o valor do capital recebido.

“Esse valor, não sendo muito, pode impulsionar a materialização de alguns projectos”, esclareceu o candidato, explicando que os jovens ribeira-grandenses “são criativos, têm muitas ideias, mas quando vão ao banco ficam, praticamente, bloqueados no acesso ao financiamento porque não dispõem de garantias e avalistas” e isso, constatou, “é cada vez mais complicado de conseguir”.

Para a implementação desta medida, propõe a criação de um gabinete de empreendedorismo, em parceria com a Pró-empresa, que terá a função de dar assistência técnica, avaliar as propostas e seleccionar os projectos que tenham condições de aceder a essa linha de crédito.

Odailson Bandeira prometeu apostar no sector do desporto com o desenvolvimento de várias modalidades, nomeadamente, o voleibol, o andebol, o basquetebol, o atletismo, o futebol, os desportos de montanha (radicais) que contribuirão para que a juventude use de melhor forma o seu tempo.

A candidatura do PAICV iniciou hoje uma segunda volta a todas as localidades já visitadas, para consolidar a mensagem aos eleitores, e vai privilegiar encontros personalizados com grupos de jovens nas diferentes comunidades.

Dados fornecidos pela Comissão de Recenseamento da Ribeira Grande indicam que para as eleições do dia 25 de Outubro, neste concelho, estão inscritos 13.338 eleitores dos quais 10 são cidadãos estrangeiros.

Nas autárquicas de 2016 concorreram Orlando Rocha Delgado, pelo MpD, que alcançou a maioria absoluta na câmara com 61,77 por cento (%) dos votos, Leonesa Fortes (PAICV) que conseguiu 24,77%, e António Rodrigues (UCID) que alcançou 8,51% dos votos.

A nível nacional, na corrida para as autárquicas de 25 de Outubro participa um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para a Assembleia Municipal da Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), de São Domingos (1), do Tarrafal de São Nicolau (1), do Sal (1) do Tarrafal (2), da Praia (4) e de São Vicente (1).

HF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos