Autárquicas 2020/Ribeira Brava: MpD quer restaurar centro pecuário na zona de Caleijão

Ribeira Brava, 17 Out (Inforpress) – A candidatura do Movimento para a Democracia (MpD) às autárquicas de 25 de Outubro quer criar plataforma de oportunidades que engloba a restauração do Centro Pecuário de Caleijão.

Em declarações à Inforpress, o líder da candidatura do MpD, José Martins, informou que a plataforma de oportunidades da candidatura engloba a restauração do centro pecuário de Caleijão, que terá grande importância a nível económico, sendo que irá absorver tudo que é produzido no município e posteriormente colocado no mercado nacional.

“Sabemos que há grandes problemas em colocar os produtos no mercado, mas com a plataforma de oportunidades e restauração do centro pecuário, iremos gerar dezenas de postos de trabalho”, salientou.

A nível do turismo, José Martins, apontou a restauração do orfanato de Caleijão e sua conversão em unidade turística hoteleira que será fonte de emprego para jovens e mais um espaço para quem visita a ilha.

“Caleijão é um lugar histórico emblemático e iremos fazer a sua valorização ao mais alto nível não só com a restauração do orfanato, mas também com a conversão da casa de Baltazar Lopes da Silva em Museu, transformando em oferta turística para essa localidade”, acrescenta.

O candidato demonstrou-se convicto da vitória nas eleições do dia 25 de Outubro, e afirmou que as pessoas estão engajadas dentro do projecto político do MpD na Ribeira Brava.

Nas autárquicas de 2016 concorreram Pedro Morais pelo Grupo Independente da Ribeira Brava (GIRB), que somou 32,70 por cento (%) dos votos, Osvaldo Fonseca do Movimento para a Democracia (MpD) que conseguiu 32,50 % e Carlos Barbosa que ficou com 29,95 %.

Na Ribeira Brava, para as eleições do dia 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 5.606 eleitores. Em 2016 o número de inscritos foi de 5.473 dos quais apenas 3.875 votaram.

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

LS/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos