Autárquicas 2020/Praia: UCID constata abandono de algumas localidades e promete fazer melhor para o equilíbrio da Praia

Cidade da Praia, 20 Out (Inforpress) – A candidatura da UCID à câmara da Praia disse hoje ter constado, nas suas deslocações ao Fundo de Palmarejo e Terra Branca que uma parte do município da Praia está e foi completamente esquecida pelos decisores locais.

“Dizem que Praia não pode parar, mas grande parte das localidades e munícipes da Praia estão parados. Constatamos nestas andanças um total abandono da equipa da câmara, pelo que a nossa promessa é fazer com que todos os que foram esquecidos se sintam parte integrante da cidade”, disse o candidato a vereador Edson Ribeiro.

Edson Ribeiro, que acompanhava a caravana do partido para mais um contacto porta-a-porta, sublinhou que a ideia da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) é trazer mais inclusão e maiores oportunidades para os munícipes, fazendo com que haja maior equilíbrio para Praia e os seus munícipes.

A Praia cidade, segundo o candidato a vereador, Edson Ribeiro, deve ser de todos e para todos e não apenas para uns, quando todos cumprem os mesmos deveres que é pagar imposto.

Na recta final da campanha que encerra sexta-feira, 23, Edson Ribeiro diz ter constatado, por onde passa a caravana da UCID, que as pessoas estão a absorver a mensagem passada e a demonstrar que querem mudança.

“Nós temos pautado por mostrar que faremos diferente, caso vençamos as eleições de 25 de Outubro, pois, o nosso objectivo é servir os munícipes”, afirmou a candidatura que quer trabalhar para uma Praia “mais inclusiva e com maior igualdade”.

A candidatura da UCID para o pleito de 25, que passou o dia em contactos porta-a-porta, pautou em Terra Branca por apresentar ao eleitorado a sua proposta de governação, em que define as pessoas como o centro de todas as atenções, para a construção do equilíbrio que a formação política pretende oferecer aos praienses.

A equipa da UCID vai estar quarta-feira, 21, em contacto com o eleitorado dos arredores da Praia.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Francisco Silva (UCID), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos