Autárquicas 2020/Praia: Sociedade Civil reforça aposta de governação junto das comunidades praienses

Cidade da Praia, 22 Out (Inforpress) – O candidato da Sociedade Civil a vereador na câmara da Praia reforçou hoje junto do eleitorado em Achada Mato a aposta de governação do grupo voltada para uma habitação condigna e com foco nas pessoas.

Euclides Furtado, em declarações à Inforpress quando contactava o eleitorado no bairro de Achada Mato, mostrou-se indignado com o facto de ainda, nesta época, pessoas estarem a viver debaixo de um teto sem as mínimas condições e que a qualquer hora poderia desabar.

“Muitas famílias vivem em habitações degradadas e sem quaisquer condições, o que nos dá muita pena e revolta. Mas a Sociedade Civil quer fazer diferente por isso, além de habitação, tem ainda como preocupação a criação de um espaço para a terceira idade, juventude e pequena infância”, acrescentou.

Caminhando para a recta final da campanha, Euclides Furtado afirmou que o apelo do grupo tem sido no sentido de abrir os olhos dos cidadãos para não venderem a sua consciência a troco de nada, pois, segundo disse, é nestes dois últimos dias, que os partidos com maiores recursos financeiros compram os votos dos mais vulneráveis.

O compromisso da Sociedade Civil, segundo disse, é que a câmara vai estar aberta e a atender às necessidades da população, sempre que este assim o entender, e num pacto de que: “Junto vamos construir sonhos para uma Praia melhor e inclusiva”.

A Sociedade Civil que fez hoje um percorrido a Achada Mato, Cidadela, Palmarejo e Achada Santo António, para convencer o eleitorado a votar no domingo, vai estar sexta-feira, 23 na Caiada, Matão e São Martinho para o último apelo no sentido de que votar no grupo é a melhor opção para Praia.

A caravana da Sociedade Civil vai continuar sexta-feira, 23, o último dia de campanha, em contacto com o eleitorado dos arredores da Praia para reforçar o apelo ao voto.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Any Reis (Sociedade Civil), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal  (2), Praia (4) e São Vicente (1).

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos