Autárquicas 2020/Praia: PP no terreno “a todo o gás” denuncia câmara de violar o projecto de requalificação da Praça do Palmarejo

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – Amândio Vicente, candidato do Partido Popular (PP) à presidência da câmara da Praia, diz-se confiante na vitória e denuncia a câmara, representada por Óscar Santos, de violar o projecto de requalificação da Praça do Palmarejo.

Hoje, no nono dia de campanha com vista às eleições autárquicas de 25 de Outubro, o Partido Popular esteve no bairro de Achadinha, “a todo o gás”, contando com muita motivação por parte dos moradores, onde aproveitou para denunciar a postura do presidente cessante e candidato adversário Óscar Santos, na gestão da coisa pública.

“A câmara tinha previsto construir a praça do Palmarejo, sem qualquer intervenção de terceiros, no valor de 40 mil contos, em 2018, mas de um momento para o outro acabou por envolver uma empresa privada e o projecto foi por água abaixo”, declarou.

Pela insatisfação deste candidato, o mesmo direccionou aos cidadãos do Palmarejo, apelando-os a darem um cartão vermelho para o candidato adversário.

“Cidadãos de Palmarejo, no dia 25 de Outubro votem PP. O senhor Óscar disse que se os praienses se tratarem de doidos, a Praia vai ficar para trás. Tratar-se de doidos este povo está a fazer há muito tempo, quando votou no MpD, com a promessa de 45 mil postos de trabalho, para depois vir o mesmo partido dizer que o emprego não cai do céu”, alertou.

Apelou ainda a toda a população da Praia a escolherem o Partido Popular “desta vez” se quiserem mudança no município.

“Nós do PP temos uma proposta para breve (…) reduzir ou acabar com as barracas na Cidade da Praia, porque com a política do senhor Óscar, esta cidade terá sempre cidadãos de primeira, e cidadãos de segunda”, sentenciou.

Segundo Amândio Vicente, a adesão no PP tem sido grande, daí que considera que se esta aceitação verificada por parte das pessoas for transformada nas urnas, o candidato do MpD “vai arrumar o seu dossiê e entregá-los ao PP na câmara da Praia”.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Amândio Barbosa Vicente (PP), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

ET/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos