Autárquicas 2020/Praia: Partido Popular vai intensificar contactos com o eleitorado neste segundo período de campanha

Cidade da Praia, 15 Out (Inforpress) – O coordenador de campanha do Partido Popular, Felisberto Semedo, informou que nesta segunda fase de campanha, vão intensificar os contactos com o eleitorado, de modo a recolherem mais elementos que possam reforçar a sua plataforma eleitoral.

Fazendo um balanço a meio percurso, o coordenador de campanha e segundo elemento da lista, afirmou que a perspectiva do Partido Popular (PP) é continuar a constatar as necessidades das pessoas que devem servir para intensificar a plataforma do partido, bem como reforçar a capacidade de intervenção, após o 25 de Outubro.

“Somos um partido que tem trabalhado desde a nossa criação em 2015, estamos sempre na rua a trabalhar, pelo que os praienses nos conhecem muito bem”, portanto, as pessoas estão a receber-nos bem em todos os bairros, com carinho, até porque nós também somos um partido que não é desconhecido, realçou.

Felisberto Semedo acrescentou ainda que o trabalho do PP tem sido feito principalmente na ordem de ideias, e por isso está a ser bem aceite.

Na plataforma do Partido Popular às eleições de 25 de Outubro, avançou, o pano de fundo é priorizar sobretudo a questão da habitação e da acção social, contribuindo deste modo, para melhorar as condições de vida das pessoas.

Classificando o PP como um “partido de rua e que está sempre na rua, ao lado das pessoas”, o coordenador de campanha comunicou que nesses dias pretendem intensificar os seus contactos com o eleitorado, dando-lhes a oportunidade de analisar qual o candidato que merece o voto de confiança.

“A Praia está parada há quatro anos, a dormir à sombra da bananeira. A câmara da Praia esteve a dormir um sono profundo durante todo esse tempo, e só agora acorda para dizer que não pode parar”, ironizou Felisberto Semedo.

A campanha do Partido Popular concorre à presidência da Câmara Municipal da Praia está a ser baseada em contactos porta a porta, com um número reduzido de pessoas, cerca de 15, em respeito às medidas sanitárias contra covid-19, conforme o responsável.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Amândio Barbosa Vicente (PP), concorrem à presidência da Câmara Municipal da Praia nas eleições de 25 de Outubro, na Praia, Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

ET/FP/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos