Autárquicas 2020/Praia: Partido Popular propõe contribuir para o crescimento da cidade de forma organizada

Cidade da Praia, 18 Out (Inforpress) – O candidato do Partido Popular, Amândio Vicente, assegurou hoje que na sua presidência na câmara da Praia vai contribuir para que esta cidade cresça de forma organizada com todas as condições de habitabilidade previamente planejadas.

A proposta do PP, segundo o seu líder, decorre da própria organização da cidade, adiantando que o seu partido tem uma proposta de organização da cidade que vai atender o crescimento da capital de forma organizada.

Amândio Vicente assegurou que a proposta do seu partido é planejar novos bairros, com assentamentos virgens, onde as questões da água e de esgotos, chegam previamente, antes mesmo da chegada dos seus habitantes, acrescentando que não se trata de demagogia e nem de populismo.

“Muitos entendem que é populismo, demagogia, mas é coisa fácil de se fazer, coisas praticadas em outros lugares, exemplo de organização da cidade. Não é deixar que a população vá ocupando os lugares, nas ribeiras e ladeiras, para depois chegarem com programa de requalificação dos bairros”, frisou.

Segundo este candidato, desta forma, vai-se apenas correr atrás dos prejuízos.

No bairro de Alto da Glória, onde o PP escolheu hoje para as suas actividades de campanha, Amândio Vicente acusou o presidente cessante de exercer o seu autoritarismo, quando “convocou as tropas” para arrombar as suas casas.

Para este candidato, estes actos demonstram a falta de caráter e que a população da Praia deve escolher uma outra pessoa para gerir a câmara.

Ainda no âmbito da acção social, o Partido Popular promete na sua gestão na câmara da Praia, caso mereça a confiança dos praienses no pleito do próximo domingo, construir casas de banho, em parceria com os munícipes visando a melhoria na questão do saneamento básico.

“Casa de banho por exemplo, na câmara da Praia, há um esbanjamento de recursos, facilmente com 100 mil escudos ou menos, controlados, em parceria com o próprio dono da casa pode-se apoiar os munícipes a terem as suas casas de banho”, concluiu.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos 86.180 eleitores nos cadernos de recenseamento.

Além de Amândio Barbosa Vicente (PP), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 candidatos do PAICV, sete da UCID, dois do PP, sendo 1 no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista, e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

ET/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos