Autárquicas 2020/Praia: Francisco Carvalho propõe vereador de origem imigrada “pela primeira vez” na câmara

Cidade da Praia, 20 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV, Francisco Carvalho, anunciou que pela primeira vez, a Câmara Municipal da Praia vai contar com um vereador de origem imigrada, da Guiné-Bissau, a partir de 25 de Outubro, caso o seu partido vença as eleições.

Francisco Carvalho fez essas declarações quando visitava o centro histórico da cidade, o Platô, onde é notável a presença dos imigrantes africanos, nas suas vendas ambulante, tendo avançado ainda que a partir de domingo, a câmara da Praia, liderada pelo PAICV, vai contar com um gabinete exclusivo para atendimento de imigrantes.

“Nós, na cidade da Praia que vamos construir, todos os estrangeiros serão iguais a nós. Fernando Pinto, da Guiné, vai ser um vereador na câmara da Praia, vai ser um ministro da cidade, isto é um primeiro grande sinal que estamos a dar. Um segundo sinal também importante, é que vamos ter na nossa câmara a partir do dia 25, um gabinete exclusivo para atendimento de imigrantes”, indicou.

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde pretende na sua liderança, segundo Francisco Carvalho, juntar o imigrante, os estrangeiros residentes em Cabo Verde, com os emigrantes, os cabo-verdianos na diáspora, com a criação de condições especiais, argumentando que o seu partido quer ser “a voz daqueles que não a tem”.

“Vamos lutar até para uma questão que não é da alçada da câmara municipal directamente, defender os emigrantes cabo-verdianos no estrangeiro, ou seja, lutar para que possam participar nas eleições autárquicas, tendo em conta o contributo extraordinário que dão para o desenvolvimento de Cabo Verde, sendo o impacto maior das suas contribuições sentido a nível local e das suas famílias.

Sob o lema “Praia Para Todos”, a candidatura do PAICV à câmara da Praia, encabeçada por Francisco Carvalho, promete que, ganhando as eleições, a partir do dia 25 de Outubro, vai fazer um trabalho centrado nas pessoas.

Na Praia, para as eleições de 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Francisco Carvalho, concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participam na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 candidatos do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4), São Vicente (1).

ET/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos