Autárquicas 2020/Praia: Denise Tavares assevera que nenhuma crítica vai abalar a sua candidatura

Cidade da Praia, 14 Out (Inforpress) – A líder do “Dja Sta Bom”, Denise Tavares,  disse hoje que nenhuma crítica vinda de algumas pessoas com o objectivo de abalar o seu ego vai prejudicar a sua candidatura porque ninguém determina o que ela quer levar adiante.

O “Dja Sta Bom” é um movimento que contesta a situação política social em Cabo Verde, apelando às pessoas para a necessidade de um voto de mudança para dar um basta ao sistema bipartidário em Cabo Verde, e dar vez a outras ideias para mudar o município da Praia.

Porque tem recebido algumas críticas, confirmadas por esta candidata, a líder deste projecto declarou que nunca se deve baixar a cabeça pelos objectivos que se pretende atingir e nem mesmo deixar-se abalar pelas opiniões dos outros.

“É basta demonstramos a nossa força de vontade, não deixar as críticas nos abalar e colocar Deus em primeiro lugar, porque em qualquer parte do mundo quando fazes uma coisa perfeita ou quase perfeita vão procurar um único ponto negativo para te criticar e tentar te fazer desistir”, salientou.

Hoje, no sétimo dia da campanha com vista às eleições de 25 de Outubro, esta candidata adiantou que procederam à gravação de um vídeo no bairro de Tira Chapéu, transmitindo mensagem sobre a situação em Cabo Verde, bem como deste movimento, que deverá ser publicada na página do facebook da sua candidatura.

Reiterou ainda que tem contado com o apoio de muitas pessoas e anuncia novidade sobre o seu projecto nesta sexta-feira.

Reagindo às preocupações das autoridades sobre o não cumprimento das medidas sanitárias por parte de certas candidaturas, neste tempo de pandemia, justificou que é por isso mesmo que optaram por fazer a campanha através da internet, para mostrar as pessoas que são diferentes e que não pretendem prejudicar ninguém.

“Achamos que todos os outros partidos deveriam ter mais cuidado porque em primeiro lugar está a saúde de cada pessoa e só depois as outras coisas, ou seja dar prioridade à saúde publica, e encontrar outras formas de passar a mensagem”, sugeriu.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Denise Tavares (DSB), concorrem às eleições, neste concelho, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (LUTA), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

ET/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos