Autárquicas 2020/Praia: Cabeça de lista do MpD para assembleia municipal promete um órgão onde a população é o centro das decisões deliberadas

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – A cabeça de lista do MPD para Assembleia Municipal da Praia, nas eleições de 25, Ana Barber, promete, caso for eleita, uma assembleia onde a população praiense será o centro de todas as decisões deliberadas.

Em declarações à Inforpress, no âmbito dos contactos porta-a-porta, Ana Barber afirmou que para deliberar a favor do povo, terá de criar o hábito de se ouvir as pessoas nas comunidades, acompanhar e identificar os problemas por forma a que a câmara possa responder com soluções viáveis.

Em termos da reunião da assembleia municipal, garante apostar na descentralização, nos diferentes bairros, podendo desta forma contribuir para desenvolver a Cidade da Praia.

Para isso, compromete-se a acompanhar com rigor e transparência os planos da câmara no sentido de que os munícipes sejam os maiores beneficiados.

“Queremos estar mais próximos da população, principalmente das comunidades, auscultar suas preocupações e anseios, e levá-lo a plenária para debate e soluções viáveis”, acrescentou.

Caso MpD vença eleições para a Assembleia Municipal da Praia, sem conseguir o candidato da câmara, Ana Barber compromete-se a trabalhar com base no respeito mútuo e auscultando cada um dos partidos ou grupo representados no órgão fiscalizador da câmara.

A candidata do MpD que afirma que a mensagem do partido é de paz, tolerância e respeito, sublinhou, que o município e o País são construídos por opiniões diferentes, desde que em primeiro lugar esteja sempre o bem-estar da população praiense.

“Independentemente das nossas ideias e visões serem diferentes, a nível da Assembleia temos todos de trabalhar para a comunidade e o desenvolvimento da Praia”, realçou.

No dia de hoje, os candidatos do Movimento para Democracia (MpD) para Câmara e Assembleia Municipal  da Praia, estiveram na zona de calabaceira e Tira Chapéu onde a autarquia tem em curso algumas obras de calcetamento e asfaltagem em carteira, tudo com o objectivo de melhorar a imagem do bairro.

Para sábado, 17, o grupo do MpD continuará a sua campanha porta-a-porta, nos arredores da cidade da Praia.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além Óscar Santos (MpD), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID) e Jeremias Garcia (MPJT).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

PC/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos