Autárquicas 2020/Praia: Any Reis promete iniciativas em prol da infância e da juventude

Cidade da Praia, 18 Out (Inforpress) – A candidata da Sociedade Civil à Câmara da Praia prometeu hoje, caso seja eleita, trabalhar para desenvolver iniciativas voltadas para a infância com implementação de espaços específicos e atenção especial para as pessoas com deficiência.

A cabeça de lista para a câmara da Praia que esteve hoje nos bairros de Safende e Vila Nova, em campanha porta-a-porta, afirmou que para esta camada populacional o objectivo da Sociedade Civil é criar uma série de iniciativas que visam proteger as crianças e jovens para que tenham direito a uma educação de qualidade.

“Com os projectos que temos para crianças, jovens e idosos, queremos governar para que todos os praienses se sintam integrados, pelo que as nossas acções serão em todos os bairros e em todas as áreas de intervenção”, disse, afirmando que as maiores dificuldades da Praia estão na sua preferia.

Segundo Any Reis, nas zonas do interior dos bairros de Safende, Lém Cachorro e outros é onde identificaram maiores dificuldades e onde os munícipes necessitam ainda de maior intervenção no sector do saneamento, água, habitação e atenção para com os jovens.

A candidata da Sociedade Civil compromete-se ainda, caso seja eleita no pleito do dia 25, trabalhar com foco nas pessoas e em prol do desenvolvimento, fazendo com que as comunidades sejam mais solidárias e inclusivas.

Conforme Any Reis, se não houver uma política local voltada para as crianças, jovens e mulheres não será necessário trabalhar para o desenvolvimento da Cidade da Praia, já que estas camadas populacionais são a força e o futuro do município.

A aposta da Sociedade Civil, segundo referiu, vai ainda no sentido de infraestruturar o município com projectos que servirão as pessoas, pelo que apela a todos os praienses no dia 25 de Outubro a saírem de casa para votar.

A equipa da Sociedade Civil vai continuar segunda-feira, 19, em contacto com o eleitorado da zona de Ponta D’Água e Achada São Filipe.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além de Any Reis (Sociedade Civil), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos