Autárquicas 2020/Praia: Amarílio Barros promete uma assembleia municipal fiscalizadora e controladora das actividades governativas

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – O candidato a presidente da Assembleia Municipal da Praia, apoiado pela Sociedade Civil, Amarílio Barros, promete valorizar e dignificar o órgão deliberativo cuja competência é acompanhar, fiscalizar e controlar a actividade governativa municipal.

Segundo Amarílio Barros, no seu mandato, caso for eleito no pleito de 25 de Outubro, pretende criar melhores condições de funcionamento e de trabalho para que os eleitos municipais possam desempenhar melhor as suas funções e criar condições necessárias para que a assembleia municipal tenha um orçamento próprio e autonomia na sua execução.

Além destas apostas para a assembleia municipal, o candidato da Sociedade Civil garante ainda, no seu mandato, a promoção de acções que promovam a participação activa dos munícipes junto aos eleitos municipais e a implementação do sistema de reuniões do órgão fiscalizador nos diferentes bairros da Praia.

O candidato da Sociedade Civil para a Assembleia Municipal da Praia, promete ainda exercer um poder no sentido de acompanhar e fiscalizar as actividades da câmara e dos serviços municipalizados, assim como melhorar os mecanismos existentes para reunir os munícipes que queiram representar queixas, reclamações, propostas e sugestões.

Amarílio Barros, promete também no seu mandato, criar grupos organizados de eleitos municipais para acompanharem os assuntos de interesse público municipal.

Os candidatos da Sociedade Civil para Praia estiveram hoje em contacto porta-a-porta, onde afirmam ter constatado cenários de descaso, com crianças e idosos sem protecção, jovens abandonados e vendedeiras ambulantes desamparadas.

A equipa da Sociedade Civil vai continuar sábado, 17, em contacto com o eleitorado da zona de norte do concelho da Praia.

Para as eleições de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos de recenseamento 86.180 eleitores.

Além Any Reis (Sociedade Civil), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Amândio Barbosa Vicente (PP), Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

A nível nacional, participa na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

PC/DR

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos