Autárquicas 2020/Praia: Amândio Vicente diz-se convicto que o Partido Popular vai conseguir um bom resultado no domingo

Cidade da Praia, 23 Out (Inforpress) – O candidato do Partido Popular, Amândio Vicente, disse hoje que o seu partido vai conseguir bom resultado nas eleições deste domingo, pela apreciação da boa recepção das pessoas que constatou durante este período de campanha eleitoral.

“Temos estado a ser recebidos bem, sempre com o sorriso na cara, e pela apreciação que fazemos da aceitação que estamos a ter achamos que vamos fazer um bom resultado”, declarou este candidato.

Uma outra razão para esta convicção, segundo Amândio Vicente, prende-se com a verificação no terreno, do abandono do município da Praia.

Conforme explicou, pôde constatar que há uma Praia para cidadãos de primeira, devidamente com todas as condições, e uma outra Praia, para os cidadãos de segunda, na qual encontram-se cidadãos como os de Alto da Glória, Santaninha, Jamaica que viram que lhes foi negado o direito de habitação, e onde os bairros nasceram por falta de opção governativa local.

Por isso, a expectativa do Partido Popular, na voz de Amândio Vicente, é ter um bom resultado, e conseguir um assento na câmara municipal, com a promessa de fazer um escrutínio profundo sobre as acções desde 2008 até agora.

“Com esse escrutínio, ao que me parece, se a justiça funcionar bem, o senhor Óscar e alguns integrantes da sua equipa vão para a cadeia. Temos de inaugurar em Cabo Verde o primeiro político a entrar na cadeia, assim como em outros países, porque não podemos continuar deste modo, onde os políticos ficam impunes, pelos seus actos criminosos”, frisou.

O candidato do Partido Popular considerou, por outro lado, exagerado o montante disponibilizado para a campanha da candidatura do Movimento para a Democracia, no valor de 100 mil contos, comparando com o valor atribuído ao PP, 100 contos, e para uma cidade como a Praia, onde “existe défice de muitas coisas”.

“100 mil contos é demais, o quê que se faz com tanto dinheiro assim, há alguma coisa que deixa entender que este dinheiro vai ser usado na campanha de forma pouco digna. Mas isso vai ser confirmado nas urnas, porque como sabem aqui em Cabo Verde, como se costuma dizer, as eleições são ganhas na sexta e sábado à noite, concluiu.

Além de Amândio Barbosa Vicente (PP), concorrem às eleições de 25 de Outubro, na Praia, Any Reis (Sociedade Civil), Carlos Lopes (L.U.T.A), Denise Tavares (DSB), Francisco Carvalho (PAICV), Francisco Silva (UCID), Jeremias Garcia (MPJT) e Óscar Santos (MpD).

Nas eleições de 2016 neste município concorreram cinco listas, tendo o MpD (Óscar Santos) conquistado a câmara com 62,74% dos votos, PAICV (Cristina Fontes) 32,43%, UCID (Francisco Silva) 1,77%, PP (Amândio Vicente) 0,61%, e PTS (José Augusto Fernandes) 0,26%.

Participam na corrida a estas eleições um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 candidatos do PAICV, sete da UCID, dois do PP, sendo 1 no município da Praia e 1 para Assembleia Municipal na Boa Vista, e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

ET/FP//CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos