Autárquicas 2020: PP com candidatura à presidência da Câmara Municipal apenas na Praia

Cidade da Praia, 18 Set (Inforpress) – O Partido Popular (PP) conseguiu apresentar apenas uma lista para a presidência da câmara municipal (Praia) e duas listas para as assembleias municipais (Praia e Boa Vista), estando ainda a candidatura da Boa Vista em processo de correcção.

A informação foi avançada hoje em conferência de imprensa pelo presidente do partido, Amândio Barbosa Vicente, que lidera a candidatura à Câmara Municipal da Praia, tendo como cabeça de lista para assembleia o actual secretário-geral do partido, Juvenal Furtado.

As listas para os dois órgãos no município da Praia já estão aprovadas pelo tribunal da comarca, conforme disse Amândio Vicente, mas a da Boa Vista, encabeçada pelo cidadão de origem italiana, Sérgio Corrá, foi devolvida para correcções relacionadas com a questão da paridade.

O partido tinha dado como certa também a sua participação em Santa Catarina (Santiago), mas não conseguiu apresentar a sua candidatura, porque, segundo Amândio Vicente, houve uma desmobilização dos integrantes das listas na última hora.

“Houve ofertas de bolsas de estudo e de emprego e todo mundo abandonou a lista. É a nossa democracia e isso foi patrocinado pelo senhor primeiro-ministro de Cabo Verde”, disse.

O PP deverá ainda apoiar as candidaturas independentes nos municípios do Maio e de Santa Catarina.

A meta para o concelho da Praia é ganhar a Câmara Municipal e colocar a maioria dos eleitos na Assembleia Municipal.

“Nós entramos nessa luta para ganhar e não para perder. Sabemos que a nossa força em termos económicos, é fraca porque não temos dinheiro, mas somos fortes em termos de ideias e vontade e tudo pode acontecer”, disse realçando, contudo, aos efeitos do dinheiro nas vitórias eleitorais em Cabo Verde.

Para vencer a edilidade praiense, o partido apresenta uma plataforma eleitoral composta por quatro vertentes, designadamente, os recursos humanos, o financeiro, os processos internos e a vertente “cliente cidadão”.

Saneamento, habitação, transportes rodoviários, comércio, promoção social, ambiente e protecção civil são as áreas que vão merecer a atenção do partido, caso merecer a confiança dos praienses.

Para além do PP apresentaram as candidaturas para a Câmara Municipal da Praia o MpD, o PAICV, a UCID e mais uma candidatura independente liderada pela professora Any Reis.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, na Praia, estão inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, 81.458 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 82.198, dos quais 35.722 votaram).

MJB/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos