Autárquicas 2020/Paul: UCID critica que zonas altas estão esquecidas pelas autoridades

Cidade das Pombas, 21 Out (Inforpress) – O candidato da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) à presidência da Câmara Municipal do Paul, Sandro Gomes, acredita que as zonas altas do município estão “totalmente esquecidas” pelas autoridades municipais e com “muitos problemas”.

Após visitar as zonas de Pico de António, Despenhadeiro e Figueiral, “zonas encravadas e que careciam de muita ajuda”, Sandro Gomes apontou “total esquecimento” em termos de acessos, saúde, transporte de mercadorias e outras mais.

“Em todos os aspectos são desapoiadas”, considerou a mesma fonte, exemplificando com o caso de uma zona, onde foi desactivado um jardim de infância “sem propósito e sem justificação”.

“Mas, nós da UCID vamos criar políticas de facilitação e inclusivas para todas as pessoas e não deixar pessoas de fora, porque as cores das nossas camisolas não batem”, lançou o candidato, que quer, após a agricultura, dar atenção à área de lazer nessas zonas.

Sendo assim, sublinhou que, para além do partido querer aumentar a produção e escoamento dos produtos da agricultura, pretende criar espaços de lazer para os jovens e impedir que estes percorram grandes distâncias para se divertirem.

A candidatura da UCID está hoje em Ribeira de Janela, onde, à semelhança das outras zonas altas, quer apostar na dinamização da agricultura, com introdução de outras culturas e ainda mobilização de água para rega, para permitir aos mais jovens também enveredar e “interessarem-se mais” por esse sector.

Já em Fajã, onde esteve em contactos nesta terça-feira, disse pretender trabalhar com o Governo e outros parceiros para se pensar na viabilidade de se construir uma estrada de acesso à localidade, que é uma das “principais reclamações” dos moradores.

“Sabemos que a câmara não tem essa tutela, mas podemos sempre ver e estudar essa possibilidade”, defendeu.

Para além de Sandro Gomes (UCID) concorrem à Câmara Municipal do Paul, António Aleixo pelo Movimento para Democracia (MpD) e Carlos Pires Ferreira pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Para as eleições do dia 25 de Outubro, no concelho do Paul, estão inscritos 5.331 eleitores nos cadernos de recenseamento, dos quais cinco são cidadãos estrangeiros. Em 2016 o número de inscritos foi de 5.250 dos quais 3.876 votaram.

Participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (um), de Santa Catarina (um), São Domingos (um), Tarrafal de São Nicolau (um), Sal (um) Tarrafal de Santiago (dois), Praia (quatro), São Vicente (um).

LN/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos