Autárquicas 2020/Paul: “O problema de habitação tem sido tratado com alguma ligeireza pelo poder local” – Carlos Pires Ferreira 

Cidade das Pombas, 20 Out (Inforpress) – A candidatura do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) à Câmara Municipal do Paul acredita que a questão de habitação tem sido tratada com “alguma ligeireza” nos últimos oito anos, com “parcialidade” e “discriminações”.

O candidato à presidência da câmara, Carlos Pires Ferreira, disse que um dos primeiros passos que dará, quando for eleito, é de fazer um “profundo levantamento” das necessidades de habitação no concelho.

“Priorizando os casos mais graves e mais urgentes, que existem muito no concelho, com famílias a viver em condições pouco dignas para um ser humano”, avançou a Carlos Pires Ferreira, para quem a questão de habitação tem sido tratada com “alguma ligeireza” nos últimos oito anos, com “parcialidade” e “discriminações”.

O PAICV, ajuntou, quer implementar uma “gestão transparente, imparcial e de maior justiça e felicidade às famílias paulenses”.

Para isso, segundo a mesma fonte, será preciso uma “intensa mobilização” de recursos, tanto junto do Governo, como dos parceiros internacionais.

“[A habitação] é uma dimensão bastante grave, é uma das prioridades e vai envolver uma enorme capacidade negocial, mas também um enorme engajamento de autoridades municipais, para trazer maior priorização das necessidades, quer na cidade, quer nas zonas altas”, sublinhou o candidato.

A intenção de dar uma habitação condigna aos paulenses enquadra-se também, conforme Carlos Pires Ferreira, num projecto maior de reestruturação municipal e requalificação da cidade e dos outros aglomerados.

O partido criticou, por outro lado, a importância dada a esse sector no período antes da campanha eleitoral, em que houve uma “intensidade maior” do que a vivida nos últimos três anos, algo que não pode ser e sim acontecer ao longo do mandato.

Para além de Carlos Pires Ferreira (PAICV), concorrem à Câmara Municipal do Paul, António Aleixo pelo Movimento para Democracia (MpD) e Sandro Gomes pela União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID).

Para as eleições do dia 25 de Outubro, no concelho do Paul, estão inscritos 5.331 eleitores, dos quais cinco são cidadãos estrangeiros.

Em 2016 o número de inscritos foi de 5.250 dos quais apenas 3.876 votaram.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

LN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos