Autárquicas 2020/Mosteiros: “Mosteiros é importante para o MpD e para Cabo Verde”, Lourenço Lopes

Cidade de Igreja, 20 Out. (Inforpress) – A candidatura do MpD voltou a priorizar o dia de hoje para contactos directos com o eleitorado dos Mosteiros, apelando à liberdade para que no domingo consiga fazer história ao ganhar pela primeira vez a presidência desta autarquia.

A quatro dias do término da campanha eleitoral, o proponente “ventoinha”, Lourenço Lopes, que considerou ser mais um grande sinal para a sua candidatura, a presença sistemática de membros do MpD na sua campanha nos Mosteiros, simboliza que “todo o partido está unido à volta dos desafios do desenvolvimento dos Mosteiros”.

Lopes afiançou que “Mosteiros é importante para o MpD e para Cabo Verde na perspectiva do futuro”, clarificando que tem potencia para trair a nata política, cultural e académica do país e os investidores externos, assim como a diáspora cabo-verdiana para investirem nos Mosteiros.

“O que falta aos Mosteiros é uma oportunidade para inaugurar um novo ciclo de desenvolvimento centrado nas pessoas, porque são as pessoas que fazem o desenvolvimento acontecer”, especificou.

Refira-se que a candidatura do MpD recebeu na segunda-feira o apoio de Jorge Santos, actual presidente da Assembleia Nacional, que esteve no terreno na qualidade de membro da Comissão Política Nacional e que considerou Lourenço Lopes como o mais indicado para governar Mosteiros, visando atrair investimentos dos emigrantes na diáspora e captar investimentos externos.

Jorge Santos fez questão de recordar que o MpD sempre ganhou todas as eleições autárquicas, desde a abertura política em 1991 e que este ano promete reforçar o “score” com uma grande vitória, aventando mesmo a possibilidade de conquistar todas as 22 câmaras neste pleito eleitoral.

O candidato do “Juntos para cuidar dos Mosteiros”, acusou a candidatura adversária de discriminar os povoados, consoante as cores políticas, para afirmar que com a sua vitória, todos os munícipes serão tratados como parte importantes para o desenvolvimento inclusivo, ambiental e futuro do município.

Voltou a reafirmar a sua ambição em colocar Mosteiros, nos próximos oito anos no leque dos municípios mais desenvolvidos de Cabo Verde, com aposta no ramo do empreendedorismo e criação de condições para que a autarquia e o Governo incentivem os pequenos e médios empresários.

Nas eleições de 2016, concorreram três candidatos no concelho dos Mosteiros, tendo o MpD (Isidoro Gomes) alcançado 1.995 votos (43,36%), o PAICV (Carlos Fernandinho Teixeira) 2.482 votos (53,94%), e o AMI (Pedro Centeio Gonçalves) 53 votos (1,15%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro estão inscritos nos cadernos eleitorais um total de 6.608 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 6.151, dos quais 4.601 votaram).

Para além da candidatura do MpD, liderada por Lourenço Lopes, está na corrida à Câmara Municipal dos Mosteiros Fábio Vieira, proponente do PAICV.

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

SR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos