Autárquicas 2020/Maio: Candidatura do MpD garante colocar a juventude no centro das atenções

Porto Inglês, 20 Out (Inforpress) – O candidato da lista do Movimento para a Democracia (MpD) à câmara do Maio, Nuno Agues, frisou que consta da plataforma eleitoral, colocar a juventude no centro das atenções, caso vencerem as eleições de 25 de Outubro.

Conforme afiançou o candidato da lista liderada por Miguel Rosa, consta da plataforma eleitoral, transformar o centro de formação profissional do Maio, num centro de referência no ensino de línguas estrangeiras, com vista a preparar os jovens para o mercado do turismo que se almeja para a ilha.

Referiu, por outro lado, que estão sendo construídos dois campos relvados de treino nas vilas de Calheta e Barreiro, o que na sua opinião vai impulsionar a prática do desporto, principalmente o futebol, tanto nestas duas urbes como nas zonas circundantes.

No que tange a cultura, lembrou que está incluído a construção de um centro da juventude que terá uma vertente cultural, que vai possibilitar aos jovens da cidade do Porto Inglês e de toda a ilha um espaço para também desenvolverem as suas habilidades em diversos níveis.

“Eu sou um exemplo de uma atenção especial da autarquia maiense para o sector da formação superior (…). Além de mim, vários jovens também foram contemplados com bolsas para formação profissional em outras instituições e que estão a dar o seu contributo para ilha”, fez saber.

Nuno Agues apelou aos jovens a serem cada vez mais activos, por forma a aproveitarem as oportunidades que vêm surgindo e que são sempre divulgadas, tanto pela autarquia como por outras instituições, com vista a conseguirem realizar os seus sonhos em termos académicos.

Lembrou ainda o facto de que pretendem, caso vencerem as eleições de 25 de Outubro, disponibilizar terreno aos jovens casais com projecto de vida e que se encontra a viver em casas de renda

“Aliás, para provar que temos e que estamos a dar uma atenção especial a juventude, basta ver que a lista do nosso candidato é composta na sua maioria por jovens”, notou.

Além de Miguel Rosa, do MpD, concorre à presidência da câmara do Maio, António Ramos, do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram na ilha do Maio dois candidatos, tendo o MpD (Miguel Rosa) conquistado a câmara com 1.996 votos (56,82%), e o OIAM (José Silva) alcançado 1.423 votos (40,51%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos 5.072 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 4.822, dos quais 3.503 votaram).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

WN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos