Autárquicas 2020/Ilha do Sal: “Competimos para ganhar, vencer e vencer bem” – presidente MpD

Espargos, 29 Set (Inforpress) – O presidente do Movimento para a Democracia (MpD) considerou hoje, no Sal, que a equipa liderada por Júlio Lopes, às eleições autárquicas de 25 de Outubro, é uma equipa vencedora, que “vai vencer e vencer bem”.

Ulisses Correia e Silva falava durante o acto de apresentação pública dos cabeças-de-lista à Câmara e Assembleia Municipais do Sal, evento que teve lugar no campo relvado da Academia do Académico do Aeroporto do Sal, nos Espargos.

Perante presença significativa de militantes, amigos e simpatizantes do MpD, onde foram observadas as medidas de segurança sanitárias, no contexto da pandemia da covid-19, Ulisses Correia e Silva acautelou que a virtude de uma boa governação municipal é trabalhar e dar respostas em diversas dimensões ao mesmo tempo.

Destas dimensões, destacou a requalificação urbana e ambiental dos bairros, o saneamento, as acessibilidades, a habitação, mas ao mesmo tempo, cuidar directamente das pessoas, a protecção social, cuidados a idosos, a crianças, pessoas com deficiência, jovens, entre outras benfeitorias.

Fazendo fé que Júlio Lopes irá continuar à frente da Câmara Municipal do Sal, disse que essa equipa renovada vai dar garantias de permanecer na senda da boa governação “mas antes disso, tem que vencer as eleições e vencer bem”, almejou.

A dupla, Júlio Lopes e Nuno Lopes são os candidatos do MpD para a Câmara e Assembleia Municipais do Sal, nas autárquicas de 2020, estribados no slogan de campanha “Juntos, para fazer ainda mais pelo Sal”.

Ao fazer uso da palavra, Júlio Lopes referiu que a sua candidatura assumiu esta missão com disponibilidade, seriedade, empenho, dedicação, legalidade e responsabilidade para a realização do interesse municipal e do bem comum local.

“E estamos empenhados na sua renovação. Somos uma câmara com obras, uma câmara social, com acções e realizações com impacto na vida das pessoas, das famílias e das comunidades”, frisou.

Ciente, porém, de que a equipa cessante “não fez tudo”, Júlio Lopes que entra mais uma vez nesta corrida para continuar a conduzir os destinos do Sal diz estar novamente comprometido com o mesmo espírito de missão para o serviço público, com enfoque nas pessoas e nas famílias.

Na ilha do Sal, concorrem para estas eleições autárquicas, além de Albertino Mosso, apoiado pelo PAICV, o grupo Independente – Sociedade em Acção para a Liberdade -, encabeçado por Adirley Gomes, também o Movimento para a Democracia (MpD) liderado por Júlio Lopes.

Nas autárquicas de 2016, na ilha do Sal concorreram quatro candidatos, sendo Júlio Lopes (MpD) que alcançou 50,88% dos votos, Démis Lobo (PAICV) que obteve 43,58 % dos votos, Jorge Rocha (UCID) com 2,82 % dos votos e Paulo Jorge Lopes (PSD) com 0,34%.

Para as eleições do dia 25 de Outubro, na ilha do Sal, estão inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, 18.937 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 16 744, dos quais 9.633 votaram).

SC/HF

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos