Autárquicas 2020: Francisco Tavares promete fazer “mais e melhor” para a Brava

Nova Sintra, 16 Set (Inforpress) – O cabeça de lista do Movimento para a Democracia (MpD) para a câmara da Brava garantiu esta terça-feira, “ousadia” para fazer “mais e melhor” para a ilha tendo o plano estratégico como guia para os próximos anos.

Francisco Tavares que discursava no acto público de apresentação dos cabeças de lista do MpD para as autárquicas do dia 25 de Outubro, disse que parte para as eleições com uma candidatura “motivada e encorajada” para “continuar a trabalhar” para o desenvolvimento da ilha.

Assim, comprometeu-se para o próximo mandato, construir o primeiro centro urbano da Brava, acentuando que as apostas na juventude, no desporto, na terceira idade e na infra-estruturação urbana vão continuar, e que pretendem “reforça-la” no próximo mandato, tendo em conta o foco que é “trabalhar para servir as pessoas”.

O Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável da Brava é o guia que o candidato pretende seguir, pois, segundo o mesmo, nele se encontra todos os programas, projectos e compromissos e passos a serem dados para o desenvolvimento da ilha.

O presidente do MpD, Ulisses Correia e Silva, que esteve presente no acto, sublinhou que apostar nesta equipa é “mais do que uma continuidade”, mas sim um “reforço de acção, investimentos, capacidade de trabalho e de resultados que vão ser produzidos para a Brava”.

O líder do partido realçou que todos os trabalhos que têm sido feitos na ilha são para “criar raízes fortes, dinamizar economia da ilha, atrair investimentos, criar oportunidade de emprego e rendimentos para as famílias, reduzir assimetrias” com o intuito de tornar a Brava “mais atractiva”.

E para isso, avançou que o partido, para a Brava “possui uma única opção, que é de continuar com esta equipa para uma grande vitória da Brava e de Cabo Verde e do MpD nas próximas eleições”.

Também discursou no acto a candidatua à presidente da Assembleia Municipal, Fernanda Burgo, que disse ter aceitado continuar na equipa para poder dar “continuidade” ao trabalho feito e trabalhar para o “bem-estar” dos bravenses.
Para além de Francisco Tavares (MpD), concorre ao cargo de presidente da câmara da Brava no escrutínio do dia 25 de Outubro, Clóvis Silva (PAICV).

MC/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos