Autárquicas 2020/Fogo: UCID defende esquadra policial para zona norte e melhoria na rede de comunicações

São Filipe, 19 Out (Inforpress) – A candidatura da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) defende a instalação de uma esquadra da Polícia Nacional na comunidade de Ponta Verde para servir a população da zona norte do município.

Os integrantes da lista da UCID estiveram domingo nas zonas altas do centro e norte de São Filipe em contacto porta-a-porta com o eleitorado destas localidades para levar a sua proposta para cada localidade e apelar ao voto nesta candidatura que aposta num desenvolvimento equilibrado e integrado entre os meios urbano rural e não centralizar tudo na cidade de São Filipe.

Para Ponta Verde, além da esquadra policial, a proposta da UCID é no sentido de transformar o posto sanitário num centro de saúde para servir a população da zona norte, instalação de uma farmácia, melhoria de rede de comunicações na zona alta, assim como a criação de melhores infra-estruturas para zona norte.

O candidato da UCID à presidência da câmara de São Filipe, Pedro Ribeiro, indicou que quer mostrar o município real e não o pintado, razão pela qual está a percorrer as localidades para ver aquilo que classificou de “pouca vergonha da câmara com anuência do Governo que anda a passear na ilha em vez de estar a trabalhar”.

Pedro Ribeiro sublinhou que em 2016 quando o povo de São Filipe deu ao MpD uma chance pensava que faria diferente do PAICV, mas o presidente da câmara cessante, Jorge Nogueira, “fez “pior do que o PAICV, distribuindo cimentos e outros materiais de construção às pessoas que depois os vendem por preço inferior porque não têm condições para construir”.

Para a candidatura da UCID, esta é uma forma encontrada para se manter no poder, salientando que a missão dos eleitos é servir as pessoas e não estar no poder a todo o custo, comprando a consciência das pessoas.

O candidato da UCID apelou para que no dia 25 de Outubro as pessoas votem em consciência e de forma diferente para que possam deixar de ser objecto de gozo nos períodos eleitorais.

Hoje antes de rumar para o interior a candidatura da UCID estará em acção de campanha no porto de pesca de Vale dos Cavaleiros em contacto com pescadores e peixeiras.

Nas eleições de 2016, concorreram um total de três candidatos no concelho de São Filipe, tendo o MpD (Jorge Nogueira) alcançado 4.381 votos (48,84%), o PAICV (Eugénio Veiga) alcançado 2.563 votos (28,57%) e o GPAIS (Luís Pires) alcançado 1.882 (20,98%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, no município de São Filipe, está inscrito nos cadernos eleitorais um total de 15.531 eleitores distribuídos por 71 mesas de assembleias de votos (mais 1.224 eleitores que em 2016, distribuídos por 52 mesas de assembleias de voto), dos quais 8.970 votaram.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista), e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4), São Vicente (1).

JR/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos