Autárquicas 2020/Brava: PAICV aposta na transformação da pesca e da agricultura para gerar “riqueza”

Nova Sintra, 29 Set (Inforpress) – O candidato do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Clóvis Silva, avançou que o seu partido está a apostar na transformação da pesca, agricultura e criação de gado para gerar “riqueza” e transformar a ilha Brava.

Em entrevista à Inforpress, o candidato sublinhou que ao fazer a plataforma, primeiramente, procuraram os principais problemas da Brava que querem resolver.

Segundo o mesmo, na ilha, “infelizmente” 44 por cento (%) da população é considerada pobre e quase 20% extremamente, pobre.

Daí, decidiram criar uma plataforma que gera rendimento na Brava “na pesca, agricultura e criação de gado”.

Na pesca, explicou que a plataforma construiu uma ideia que abrange os pescadores e peixeiras já existentes, e uma unidade de transformação de pescado.

Nesta área, estão a alinhar este projecto em duas vertentes. A primeira, caso um investidor resolver fazer investimentos privados, vão incentiva-lo a fazê-lo, ou, caso contrário, vai ser um investimento municipal para incentivar o comércio interno e investimentos municipais, com recurso ao endividamento municipal ou caso o Governo interessar neste projecto, pode investir através de fundos públicos.

A segunda, na área da agricultura está ligado ao primeiro, que vai ter uma unidade de processamento de pescado para a produção da farinha de peixe e daí, criar uma unidade de produção de ração animal.

“Brava é uma ilha rural e maioria das pessoas desempregadas são das zonas rurais e temos aqui uma potencialidade para explorar e se conseguirmos fazer aposta na pesca e na agricultura conseguimos gerar riqueza na ilha”, salientou.

Desta “riqueza”, vão “investir na saúde e gerar oportunidade para os jovens, debelar os inactivos, desemprego e o subemprego”.

Nas últimas eleições autárquicas de 04 de Setembro de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais da Brava, concorreram dois candidatos, tendo o MpD (Orlando Balla) alcançado 1.673 votos (58,99%), e o PAICV (Manuel Gomes) 1.111 votos (39,17%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, estão inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, um total de 4.830 eleitores, (em 2016 o número de inscritos era de 4.435, dos quais 2.836 votaram).

Clóvis Silva disputa o cargo de presidente da Câmara Municipal da Brava com Francisco Tavares, candidato do MpD.

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos