Autárquicas 2020/Brava: Francisco Tavares promete continuar a trabalhar “focado” pela ilha

Nova Sintra, 16 Out (Inforpress) –  O candidato do MpD às eleições autárquicas de 2020 afirmou que, caso seja reeleito no dia 25 de Outubro, pretende continuar a trabalhar “focado” principalmente na requalificação urbana e nos arruamentos.

Francisco Tavares, que concorre à sua própria sucessão na presidência da Câmara Municipal da Brava, esteve durante esta quinta-feira nas localidades de Pedra Molar e Campo Baixo, onde entre sol escaldante e algum período de vento, efectuou mais uma sessão porta-a-porta, transmitindo a sua mensagem. Mensagem esta que, segundo o mesmo, é de uma “equipa que está a continuar focada em trabalhar pela Brava”.

“Vamos continuar a fazer aquilo que já fizemos em várias localidades, principalmente em termos de requalificação urbana, arruamentos”, comprometeu-se o candidato, acentuando que nestas duas localidades, há necessidade de um arruamento em cada zona.

Em Pedra Molar explicou que o arruamento já foi tratado com o Governo, visto que é uma obra que em 2008 já havia sido financiada, mas, iniciou e não terminou.

E, sublinhou, “a população não pode ficar eternamente prejudicada por causa de uma gestão não satisfatória na altura”, garantindo que “é um compromisso que neste mandato vai ser refinanciado”.

Já em Campo Baixo avançou que até finais de 2019, no âmbito do Programa de Reabilitação, Requalificação e Acessibilidades (PRRA) assinaram um contrato para cinco arruamentos, incluindo aquela zona.

O candidato aproveitou ainda para reforçar a mensagem que o transporte escolar gratuito vai continuar e ainda que a câmara municipal vai continuar a sua política de apoiar as famílias de baixa renda a ter uma casa de banho e um tecto condigno.

Também avançou que a população destas zonas reclamou alguma falha na recolha atempada do lixo, explicando que esta situação fica resolvida com uma melhor articulação, visto que, no mandato anterior a câmara adquiriu um novo camião compactador de lixo e mais contentores.

“Continuamos a passar a mensagem da necessidade de continuar na prevenção contra a covid-19 para evitar o máximo o seu alastramento, alertando as pessoas que o vírus já chegou à ilha e que devem reforçar as medidas sanitárias sobejamente conhecidas e publicitadas”, finalizou o candidato.

Hoje, sexta-feira, a caravana do MpD vai continuar o seu périplo pelas localidades de Mato e Tapume.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, na Brava, estão inscritos 4.683 eleitores, incluindo estrangeiros, distribuídos por 26 mesas de assembleia de voto (em 2016 o número de inscritos era de 4.435, dos quais apenas 2.836 votaram).

Nas eleições de 2016, concorreram neste concelho, o MpD (Orlando Balla), que conquistou a câmara com 1.673 votos (58,99%), e o PAICV (Manuel Gomes) 1.111 votos (39,17%).

A nível nacional participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (um), Sal (1) Tarrafal de Santiago (2), Praia (4) e São Vicente (1).

MC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos