Autárquicas 2020/Brava: Francisco Tavares garante continuidade da assistência social à comunidade de Mato e arredores

Nova Sintra, 17 Out (Inforpress) – A candidatura do Movimento para a Democracia (MpD) à presidência da Câmara Municipal da Brava, liderada por Francisco Tavares, garante continuidade da assistência social para Mato, Tapume e Cova Joana.

Francisco Tavares descreveu Mato como sendo uma zona onde a agricultura de sequeiro e a criação de gado são as duas actividades predominantes, embora destacou um comerciante que desenvolveu na área dos negócios nos últimos anos.

O candidato destacou que no mandato anterior a sua equipa beneficiou a zona com reabilitação de habitações, transformação da placa desportiva num polivalente, arruamentos e construção de uma praceta.

Entretanto, realçou que ainda é preciso fazer mais dois arruamentos no Mato e que na zona contígua de Tapume, será feito um outro pequeno arruamento.

Nestas duas localidades, o cabeça de lista frisou que a sua equipa deu uma “atenção especial” às famílias mais vulneráveis, elencando a assistência médica e medicamentosa e na reabilitação das habitações,

Daí, reforçou que a proposta é de, caso merecer mais a confiança dos bravenses, “continuar com este processo”.

Já a zona de Cantinho explicou que é uma parte da localidade de Cova de Joana que “na verdade, é um mimo”.

Segundo o mesmo, é uma localidade que tem casas “muito bonitas”, embora dia após dia tem perdido população, por causa da emigração.

Esta localidade, a semelhança das mencionadas acima, também se dedica a criação de gado e a agricultura de sequeiro.

Para Cantinho, apontou que a sua equipa vai continuar a tratar da localidade com “carinho”, uma vez que não possui espaço para construções e obras.

Mas também, deixou em aberto a sua solidariedade para com as famílias mais carenciadas no que tange a reabilitação das suas habitações e apoios sociais.

Na localidade de Cova de Joana em si, salientou que as pessoas pedem apoios para reabilitação, continuidade do transporte escolar gratuito, o que promete continuar, mas que também, conforme disse, demonstram satisfação com a estrada de ligação Nova Sintra Nossa Senhora do Monte.

A candidatura do MpD vai fazer o seu apelo ao voto pelas localidades de Santa Bárbara e Braga.

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro, na Brava, estão inscritos 4.683 eleitores, incluindo estrangeiros, distribuídos por 26 mesas de assembleias de voto (em 2016 o número de inscritos era de 4.435, dos quais apenas 2.836 votaram).

Nas eleições de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde para escolha dos titulares dos órgãos municipais, concorreram neste concelho, o MpD (Orlando Balla), que conquistou a câmara com 1.673 votos (58,99%), e o PAICV (Manuel Gomes) 1.111 votos (39,17%).

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal de Santiago (dois), Praia (4) e São Vicente (1).

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos