Autárquicas 2020/Boa Vista: José Luís apresenta programas de financiamento ao empreendedorismo aos jovens em João Galego  

Sal Rei, 14 Out (Inforpress) – O candidato do MpD à presidência da Câmara Municipal da Boa Vista apresentou hoje as propostas de financiamento ao empreendedorismo, para incentivar os jovens a criarem os seus próprios empregos, constituírem empresas e, ainda, dar trabalho.

Num encontro com os jovens da localidade de João Galego, o candidato do Movimento para a Democracia (MpD), José Luís Santos, aproveitou a oportunidade para, em primeiro lugar, falar das obras realizadas durante o presente mandato e das que tem na plataforma eleitoral para todas as localidades da ilha da Boa Vista.

Já em conversa com conteúdos dirigidos mais directamente à camada juvenil, reiterou que pretende continuar a apostar na formação profissional para que, nos concursos públicos, os jovens da ilha da Boa Vista “estejam em pé de igualdade” com os das outras ilhas.

Mas para este candidato, “é fundamental terem as suas próprias iniciativas empreendedoras com actividades económicas geradoras de rendimento”.

“Os jovens têm de começar a criar os seus próprios empregos, ter a ousadia de criar as suas empresas e, quiçá, conseguir dar postos de trabalhos a outras pessoas”, considerou José Luís Santos, reforçando a ideia de não aguardar somente por empregar-se através de terceiros ou de candidatar-se para postos de trabalho em instituições públicas ou mesmo privadas.

Para o candidato, isto os ajudará também a sustentarem as suas famílias e, ainda, na auto-estima, para poderem incentivar outros jovens a seguir por caminhos empreendedores.

E sobre este tipo de sector económico, adiantou que a câmara tem em curso programas de financiamento para os que queiram seguir a área da agricultura, assim como pretende reforçar outros tipos de financiamentos através de bancos, na meta de entre os mil ou dois mil contos para subsidiar os mais novos nas suas ideias empreendedoras.

Hoje a caravana da candidatura do MPD dividiu-se em contactos com os munícipes da cidade de Sal Rei, do bairro de Boa Esperança e do Norte (Fundo de Figueiras e Cabeça de Tarrafes) para apresentar as suas metas eleitorais.

Nas autárquicas de 2016, na ilha da Boa Vista concorreram três candidatos, José Luís Santos (Basta), que alcançou 57,56 por cento (%) dos votos, José Pinto Almeida (MpD), que obteve 30,60 % dos votos e José Henrique Cruz (PAICV), com 10,32 % dos votos.

Para as eleições do dia 25 de Outubro, na Boa Vista, estão inscritos 8.477 eleitores, provisoriamente, (em 2016 o número de inscritos era de 6.826, dos quais 4.340 votaram).

Dois candidatos concorrem para à presidência da Câmara Municipal da Boa Vista no escrutínio do dia 25 de Outubro, sendo José Luís Santos (MpD), que concorre à própria sucessão, e o candidato Cláudio Mendonça (PAICV). O Partido Popular apresentou uma lista somente para a Assembleia Municipal, encabeçada pelo cidadão de origem italiana, Sérgio Corrá.

Na corrida para as autárquicas de 25 de Outubro participam um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP, sendo um no município da Praia e um para a Assembleia Municipal da Boa Vista, e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (um), de Santa Catarina (um), de São Domingos (um), do Tarrafal de São Nicolau (um), do Sal (um) do Tarrafal de Santiago (dois), da Praia (quatro) e de São Vicente (um).

VD/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos