Autárquicas 2020/Boa Vista: Cláudio Mendonça diz que seu adversário do MpD “ofuscou o fracasso” da governação local

Sal Rei, 22 Out (Inforpress) – O candidato do PAICV à câmara da Boa Vista nas eleições de domingo acusou o adversário do MpD de “ofuscar o fracasso da governação local”, alegando ter encontrado uma câmara “cheia de dívidas e problemas, sem os especificar”.

“Há uma câmara que ofuscou em dois aspectos, alegando que encontrou uma câmara endividada e cheia de problemas, sem os especificar”, disse Cláudio Mendoça, em declarações à Inforpress, completando que nos últimos quatro anos foi “uma lástima, mesmo com um Governo disponibilizando fundos para os municípios”.

O candidato do PAICV questionou que, “se o adversário do MpD, fala em dívidas, teria que os especificar, comprovar e mostrar quanto já pagou, para que haja transparência”, sublinhando que não deveria estar a justificar isto com a “falta de obras, num mandato mal concebido, e tratamento desigual para as localidades”.

“A câmara, no final do ano passado, começou a fazer orçamentos retificativos pedindo adiantamento dos fundos, numa grande corrida, visto por todos na Assembleia Municipal, tentando resgatar imagem e credibilidade, iniciando obras a três meses das eleições, para não sair vazio no final do mandato”, afirmou Cláudio Mendonça.

Referindo-se a obra da Praça de Santa Isabel, indicou que ao lado deste “investimento avultado”, há ruas “sem calcetamento, residências com falta de ligações as redes de esgoto, água e electricidade, há mais lixo, mais problemas na educação saúde, e falta de saneamento”.

Por isso, Cláudio Mendonça defendeu a necessidade de estabelecer prioridades na governação local, “dando enfâse a projectos que, realmente, poderão impactar directamente na vida das pessoas, num curto espaço”.

A candidatura do PAICV encerra a sua campanha eleitoral num evento a ter lugar, na sexta-feira, no polivalente Djidjungo, na cidade de Sal Rei.

Nas autárquicas de 2016, na ilha da Boa Vista concorreram três candidatos, José Luís Santos (Basta), que conquistou a câmara com 57,56 por cento (%) dos votos, José Pinto Almeida (MpD), que obteve 30,60% dos votos e José Henrique Cruz (PAICV), com 10,32% dos votos.

Para as eleições do dia 25 de Outubro, neste município, estão inscritos 8.180 eleitores. Em 2016 o número de inscritos era de 6.826, dos quais 4.340 votaram.

Dois candidatos concorrem para a presidência da Câmara Municipal da Boa Vista no escrutínio do dia 25 de Outubro, sendo José Luís Santos (MpD), que concorre à própria sucessão, e o candidato Cláudio Mendonça (PAICV). O Partido Popular apresentou uma lista somente para a Assembleia Municipal, encabeçada pelo cidadão de origem italiana, Sérgio Corrá.

A nível nacional, participa na corrida um total de 65 candidatos, sendo 22 do MpD, 22 do PAICV, sete da UCID, dois do PP (um no município da Praia e um para Assembleia Municipal na Boa Vista) e mais 12 candidatos independentes que disputam as câmaras municipais da Ribeira Grande (1), de Santa Catarina (1), São Domingos (1), Tarrafal de São Nicolau (1), Sal (1) Tarrafal (2), Praia (4) e São Vicente (1).

VD/CP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos