Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Autarquia investe cerca de 10 mil contos para festa do Carnaval na Capital do País – vereador

Cidade da Praia, 01 Mar (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia investiu cerca de 10 mil contos no Carnaval 2019, entre prémios, atribuição de subsídio, montagem dos equipamentos e segurança, informou hoje o vereador da Cultura, António Lopes da Silva.

Em conferência de imprensa, o responsável reiterou que o Carnaval tem sido financiado “quase que exclusivamente” com o orçamento da câmara e com “algum apoio” dos parceiros.

“O investimento que está a ser feito é bastante significativo. São cerca de 10 mil contos, contando com tudo aquilo que tem sido feito em termos de segurança, equipamentos e financiamento directo” assegurou.

António Lopes da Silva garantiu que “praticamente está tudo pronto” para a festa do Carnaval, que se inicia neste sábado, 02, com o desfile do grupo de animação Batucassamba e, no domingo, 03, com as crianças dos jardins infantis e das escolas.

“Este ano vamos ter desfile de escola e jardim ao mesmo tempo porque achamos que vai tornar as nossas ruas muito mais bonita. Quer as escolas e os jardins têm demonstrado muita qualidade e diversidade no nosso Carnaval e (…) evidentemente (…) tem sido algo interessante que devemos apostar cada vez mais”, disse, avançando que as escolas aprovadas receberam um financiamento de 300 contos, e o pré-escolar de 100 contos.

Na terça-feira de Carnaval, 05, estão previstos desfiles de cinco grupos oficiais e cinco de animação, e, segundo informou, os grupos oficiais receberam 750 contos de subsídio, enquanto os de animação receberam 100 mil escudos.

Sobre a logística, informou que a bancada, em fase de montagem, deverá acolher mais de 1500 pessoas e que, em relação à segurança, a autarquia vai contar com o apoio da Policia Nacional, Forças Armanda e Guarda Municipal.

Para quem tiver interesse em ocupar as bancadas, fez saber que os bilhetes estão a ser vendidos pelos grupos no valor de 250 escudos, e que parte da bilheteira reverterá para o fundo dos grupos.

Relativamente a prémios, avançou que o primeiro classificado do desfile dos grupos oficiais recebe 450 contos, o segundo lugar fica com 280 e o terceiro classificado recebe o valor de 170 contos, e que ainda haverá prémios para rei e rainha e melhor música, entre outras categorias.

Para o ensino básico serão atribuídos 200, 100 e 50 contos, respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro classificados.

No dia seguinte ao Carnaval, quarta-feira, é a vez de os praienses comemorarem mais uma festa de cinza, e, segundo o vereador, à semelhança dos anos anteriores, será realizado um concurso entre dez restaurantes da capital.

Este ano, informou, algumas agências de viagens criaram um pacote específico para o Carnaval e para a festa de cinza na Praia.

“Acho que é uma ideia muito boa. A cinza é uma festa que marca fortemente a nossa cultura na ilha de Santiago, e quanto mais nós conseguimos projectar a cinza, juntamente com o Carnaval, é um produto turístico, a meu ver, de muita qualidade e que diversifica e diferencia o nosso Carnaval na Praia”, afirmou.

O vereador apelou as pessoas para “participarem activamente” neste ao almoço de cinza pois, a seu ver, é uma oportunidade de aquelas que não são da Cidade da Praia apreciarem pratos típicos da cultura da ilha de Santiago.

AM/AA

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos