Ausência de transporte regular para o Maio obstaculizou o desenvolvimento da ilha – deputada

 

Cidade da Praia, 30 Mai (Inforpress) – A deputada do MpD pelo círculo eleitoral do Maio, Joana Rosa, disse hoje, em declaração política, que a “ausência” de transporte regular para ilha durante os 15 anos constituiu  um “obstáculo dantesco”  a investimentos produtivos na economia local.

Para a parlamentar eleita na lista do Movimento para a Democracia (MpD – situação), com a chegada ao poder dos “ventoinhas”, Maio vai entrar na rota do desenvolvimento.

“O governos local e central estão a traçar o rumo que vai levar o Maio e os maienses a bom porto e recuperar os 15 anos do tempo perdido”, precisou a deputada.

Estas  declarações suscitaram várias outras, com destaque para a do deputado  da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID – oposição) João Santos Luís, que perguntou à sua colega Joana Rosa se é só agora que Maio está a entrar na rota do desenvolvimento, porque, segundo ele, o município foi sempre dirigido pelo MpD.

“Existem os poderes locais e estes são eleitos  para procurarem soluções para as ilhas e, se o Maio só agora vai entrar na rota do desenvolvimento, perguntamos o quê que  o poder local esteve a fazer durante vários anos?”, indagou o deputado eleito por São Vicente.

Uma outra declaração, desta feita de congratulação ao atleta paralímpico Gracelino Barbosa, vencedor de três medalhas de ouro no recente campeonato do mundo em Bangkok, Tailândia, também foi feita pelo grupo parlamentar do MpD, na voz do deputado José Soares.

A esta declaração juntaram-se os deputados do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV – oposição) e da UCID para também felicitar o atleta.

“Apesar  das condições  difíceis em que se encontrava, ele (Gracelino) teve a coragem e a ousadia de ir ao campeonato do mundo sozinho”, sublinhou Moisés Borges, deputado do PAICV que, na sessão plenária  do mês de Abril, havia apelado ao apoio do Governo de Cabo Verde ao atleta.

Por sua vez, António Monteiro, deputado e líder da UCID, congratulou-se com as vitórias do atleta do Tarrafal de Santiago, residente Portugal, dizendo que Gracelino Barbosa é um “orgulho” para Cabo Verde.

LC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos