Atletismo: Cabo Verde leva sete atletas a Tunísia em busca de qualificação aos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020

Cidade da Praia, 22 Fev. (Inforpress) – Cabo Verde vai ao “Gran Prix” de Tunísia, que se realiza de 15 a 22 de Março, com sete atletas, capitaneados pelos mundialistas Gracelino Barbosa e Márcio Fernandes, dois guias e dois dirigentes/treinadores, procurar a qualificação paralímpica Tóquio’2020.

Gracelino Barbosa, Carlos Araújo e Anderson Delgado, Keula Semedo e Heidilene Oliveira irão competir nas disciplinas de pista, nomeadamente nos 100, 200 e 400 metros, ao passo que Márcio Fernandes e Marilson Semedo competirão nas disciplinas de lançamento de dardo e disco.

De acordo com informações avançadas pela gestão do Estádio Nacional, os atletas paralímpicos residentes, Heidilene Oliveira, de São Vicente, Marilson Semedo e Anderson Delgado (Santiago) iniciaram os treinos de preparação de três semanas, com a orientação do seu treinador nesta infra-estrutura desportiva, em Achada de São Filipe, “com todo o apoio do EN, auxiliando em tudo que possa melhorar as condições de preparação”.

Prevê-se para breve a chegada do atleta de São Vicente Carlos Araújo, para se juntar à comitiva residente nos trabalhos de preparação.

“O Estádio Nacional, a casa do desporto cabo-verdiano, está sempre aberto para apoiar os nossos atletas e o desenvolvimento do desporto Nacional. Força campeões! Cabo Verde vos apoia sempre”, refere a comunicação do Estádio Nacional.

Inicialmente agendados para 2020, os Jogos Paralímpicos de Tóquio (Japão), à semelhança dos Jogos Olímpicos, foram adiados para 2021, devido à pandemia da covid-19 e serão disputados de 24 de Agosto a 5 de Setembro, no Estádio Nacional do Japão.

SR/JMV
Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos