Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Associação Literária de Santo Antão leva projecto “Livros para todos” aos municípios do Paul e Ribeira Grande

Porto Novo, 11 Set (Inforpress) – Uma delegação da Associação Literária de Santo Antão, liderada pelo seu presidente Kelvis Veríssimo, encontra-se este fim-de-semana no Paul e Ribeira Grande para levar o projecto “Livro para todos” aos leitores.

O presidente da Associação Literária de Santo Antão, com sede na cidade do Porto Novo, explicou que o projecto, iniciado em Agosto, precisamente no concelho do Porto Novo, tem o propósito de estimular o hábito de leitura aos santantonenses, designadamente no seio das crianças.

Com o projecto, que abarca, mormente, crianças nas zonas rurais, onde a acessibilidade a livros é “fraca”, esta associação, oficializada nos princípios deste ano, pretende levar livros, especialmente, into-juvenis, aos leitores, uma forma, também, de pôr a circular o acervo que esta instituição já possui.

“Já temos um stock razoável de livros e o nosso objectivo é pôr a circular esses livros, estimulando o gosto de leitura, sobretudo no seio das crianças, mas também dando a conhecer a nossa associação”, reforçou.

Além deste projecto, a Associação Literária de Santo Antão tem estado a promover outras acções, tudo com a intenção de fomentar o gosto pela leitura, destacando-se, entre elas, uma exposição de livros, na sua grande maioria, infantis, realizada, recentemente, na cidade do Porto Novo.

Para a concretização destas iniciativas, esta organização conta com a parceria da câmaras municipais de Santo Antão e de empresas locais, com as quais pretende ainda contar  para abrir a sua sede social e, talvez, abrir uma sala de leitura.

Porém, a Associação Literária de Santo Antão tem incentivado os municípios a apostarem na criação de bibliotecas municipais, com destaque para Porto Novo, um dos poucos concelhos ainda sem um espaço do tipo.

Porto Novo, segundo o presidente desta associação, já merece uma biblioteca municipal, que, a seu ver, “seria um grande ganho” para este município.

Nos concelhos do Paul e Ribeira Grande, responsáveis da associação encontraram-se já com as câmaras municipais, no quadro da sua estratégia de mobilizar parcerias que permitam implementar os seus projectos.

JM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos