Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Associação dos Portos de Língua Portuguesa debate em Luanda desafios para o futuro

Luanda, 14 Nov (Infrpress) – A inovação, resiliência e sustentabilidade da economia dos portos da lusofonia vão estar em debate no XII Congresso da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP), que se realiza em Luanda, Angola, na segunda e na terça-feira.

Em cima da mesa vão estar temas relacionados com desafios para o futuro dos portos dos países de língua oficial portuguesa, como a internacionalização, a inovação e digitalização ao serviço da competitividade portuária ou as questões colocadas pela descarbonização da economia, avança a organização.

O congresso da APLOP decorre na Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas e acontece em modo presencial e também ‘online’, através de http://congresso-luanda2021.aplop.org.

O programa contempla também a realização da assembleia geral da associação.

A APLOP foi constituída em 2011 para reforçar os laços de cooperação e aumentar as trocas comerciais entre os membros, entre os quais estão os nove países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP): Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Macau e Marrocos integram a APLOP como membros observadores.

Segundo dados citados no ‘site’ da associação, a Zona Económica Exclusiva dos associados da APLOP atinge uma área de cerca de 7,2 milhões de km2, constituindo a quinta maior do mundo. A par disso, a soma da extensão de costa dos associados representa um total de cerca de 15 mil quilómetros, o que equivale a um lugar no ‘ranking’ dos dez países com maiores costas do mundo.

Inforpress/Lusa/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos