Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Associação dos Chineses de Cabo Verde promete zelar pelos interesses da sua comunidade

Cidade da Praia, 28 Dez (Inforpress) – O presidente da Associação dos Chineses de Cabo Verde (ACCV) prometeu hoje zelar pelos interesses da sua comunidade residente no arquipélago e dar o contributo para que os “excelentes laços de amizade e de cooperação” alcancem outros patamares.

Zhou En Guang, que falava aos jornalistas na Cidade da Praia, momentos depois de presidir a cerimónia de inauguração da sede da recém-criada ACCV, assegurou que o objectivo é ajudar a comunidade chinesa residente no país com serviços, coordenação, protecção dos direitos e assistência mútua.

“Vamos dar o nosso melhor e, em conjunto com os membros da nossa associação, trabalharemos arduamente para zelar pelos interesses da comunidade chinesa em Cabo Verde”, disse, prometendo uma associação activa na procura de melhores formas de solucionar os problemas que a comunidade enfrenta.

Por outro lado, assegurou que a ACCV vai dar o seu contributo para que os excelentes laços de amizade e de cooperação sino-cabo-verdiana alcancem maiores e melhores patamares.

Segundo este dirigente associativo, o conjunto das empresas chinesas em Cabo Verde tem feito um “bom trabalho”, primado pela “qualidade de serviço”, aliado ao cumprimento das normas e leis, aumentado a competitividade no mercado através de uma rede de associações empresariais e parceiros com espírito interactivo e mutuamente benéfico tendo sempre em mente o desenvolvimento dos dois países.

Para o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, que testemunhou a cerimónia, esse gesto constitui um “grande motivo de satisfação” para o Governo cabo-verdiano que dispõe de excelentes relações de cooperação e amizade com a China.

“Estamos a trabalhar com a Embaixada da China para facilitar a integração dos chineses no arquipélago, e, o facto de haver uma associação, vai permitir que a relação seja mais directa com as instituições cabo-verdianas”, sublinhou o governante, manifestando a disponibilidade do executivo para trabalhar com a ACCV de modo a garantir uma melhor integração da comunidade chinesa e demais emigrantes que procuram o país para viver.

Por outro lado, avançou que o Governo vai continuar a trabalhar para desenvolver projectos em conjunto com a associação de modo a facilitar ainda mais essa integração, na certeza de que está-se a dar mais um passo na aproximação com a China que tem sido um “parceiro estratégico” para o desenvolvimento das ilhas.

AV/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos