Associação de Turismo de Santiago satisfeita com a operacionalização de mais um avião da Cabo Verde Bestfly

Cidade da Praia, 07 Fev (Inforpress) – O presidente da Associação de Turismo de Santiago (ATS), Eugénio Inocêncio, mostrou-se hoje satisfeito com a operacionalização de mais um avião da Cabo Verde Bestfly, considerando ser “importante” para a dinâmica do sector no País.

Eugénio Inocêncio, que fez esta consideração à Inforpress, explicou ser “fundamental” o País ter mais um avião a operar no território nacional, não só a nível da facilitação das deslocações entre ilhas, mas também a atração do “low cost” para o arquipélago.

No seu entender, os custos de transporte para Cabo Verde não devem ser inibidores para o turista que quer vir para o País.

“O grosso de dinheiro que o turista dispõe de uma viagem de férias deve ser para gastar em serviços de turismo em Cabo Verde, ou seja, não deve ser inibidor por dificuldades de transportes ou por preços demasiado elevados”, assinalou, indicando ser uma condição essencial para o desenvolvimento do sector.

Por isso, afirmou que todas essas iniciativas têm de ser valorizadas, reiterando que a operacionalização de voos no País irá permitir também maior agilidade na movimentação dos turistas.

O segundo avião da companhia BestFly Cabo Verde já efectuou os primeiros voos, tratando-se da aeronave ATR72-600 com capacidade para transportar 72 passageiros.

Em declarações à Inforpress, o director-geral da empresa, Américo Borges, disse que com esta nova aeronave vão tentar cobrir o plano de exploração comercial inter-ilhas, e acrescentou que neste momento a companhia está a negociar para adquirir mais dois “Twin Otter”, ou seja, aviões de 19 lugares para aumentar essa capacidade.

Adiantou ainda que com o mesmo serviço de ligação inter-ilhas a companhia vai oferecer mais frequências com menor capacidade, daí os custos serão menores e sem grandes perdas.

HR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos