Associação Cabo-verdiana de Luta contra o Cancro defende que o maior combate contra a enfermidade é a prevenção

Cidade da Praia, 12 Fev (Inforpress) – A presidente da Associação Cabo-verdiana de Luta contra o Cancro (ACLCC), Cornélia Pereira, defendeu hoje que o maior combate contra o cancro é a prevenção, por isso é preciso apostar fortemente neste factor.

Cornélia Pereira fez esta intervenção hoje à imprensa, à margem da palestra sobre o cancro, em parceria com a Escola Básica Girassol da Várzea, direccionada à comunidade juvenil, professores e encarregados de educação.

Conforme destacou, a prevenção é essencial no combate contra o cancro, por isso é necessário apostar fortemente na informação e sensibilização.

Por outro lado, referiu, a ACCLC quis trazer informações à comunidade estudantil, pois são o futuro do país, considerando que só assim teremos uma sociedade mais consciente sobre a problemática do cancro,

“Temos de encará-lo, não com uma fatalidade, mas, sim, como uma doença que jogando na prevenção, sensibilização e informação podem vencer a batalha”, sublinhou.

Já a médica anatomopatologista que proferiu a palestra, Carla Barbosa, disse que o conhecimento pode evitar cancro no futuro, por isso, avançou, por existirem vários factores de risco que as crianças devem conhecer, é preciso levar a passar tais informações.

“Vamos falar do tabagismo, do alcoolismo, falar também da necessidade de evitar a exposição solar, por causa do cancro da pele e das formas que existem de prevenção nomeadamente das vacinas.

Para a médica, a grande maioria dos cancros é causada por factores ambientais e todos os dias as pessoas estão expostas, entretanto, sabendo como controlar ou diminuí-los, pode-se evitar males maiores.

No próximo dia 26, a ACLCC estará em Santa Cruz, na Escola Regina Silva, para mais uma palestra sobre o cancro e os factores que podem causar a enfermidade.

HR/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos