Arrancam hoje as actividades do mês da promoção da saúde infantil

Cidade da Praia, 13 Jun (Inforpress) – O Ministério da Saúde arrancou hoje com as actividades do mês da promoção da saúde infantil, com uma acção de distribuição de frutas e materiais de higiene oral às crianças do jardim da Cruz Vermelha, na Cidade da Praia.

As actividades, segundo o presidente do Instituto Nacional da Saúde Publica (INSP), Maria da Luz Lima, enquadram-se no âmbito da celebração do mês de Junho, mês da Criança.

“O Ministério da Saúde, através da Direcção Nacional da Saúde, decidiu celebrar também o mês da promoção da saúde infantil, com o lema “Promovendo a saúde infantil””, acrescentou aquela responsável, acrescentando que há outras actividades que estão também a ser realizadas, nomeadamente workshops e feiras de saúde infantil.

O ponto alto será, conforme avançou Maria da Luz Lima, no dia 20 de Junho, em que haverá uma mesa redonda no Instituto Nacional de Saúde Pública, onde estará sobre a mesa a saúde infantil em várias vertentes, e não só.

O momento será ainda aproveitado para fazer a análise de expressão da saúde infantil, mas também de alguns factores relacionados com a saúde mental, com acidentes domésticos e com a parte social da criança.

“Essa actividade de hoje tem a haver, sobretudo, com o início da celebração dessas actividades, tem um grande enfoque na promoção da alimentação saudável, e promoção de comportamentos saudáveis”, acrescentou Maria da Luz Lima, completando que o Ministério da saúde declarou este ano como o da hipertensão e promoção de comportamentos saudáveis e defendendo que a promoção de comportamentos saudáveis começa na criança.

Aquela responsável disse ainda que as autoridades sanitárias nacionais acreditam que, introduzindo nas crianças essa cultura de promoção de saúde e hábitos saudáveis, ao longo dos anos, elas vão ser adultas saudáveis com menos doenças e com melhor qualidade de vida.

Nesta linha, foi feita uma palestra sobre a alimentação saudável, sobre a introdução, em 2017, do Vita Ferro que visa, sobretudo, reduzir a prevalência da anemia infantil em CV.

Quase 80 crianças do Jardim da Cruz Vermelha de Cabo Verde, no Platô, receberam hoje um kit de alimentação saudável e kit de higiene oral.

A ideia, conforme Maria da Luz Lima, é fazer com que todas as crianças tenham o hábito de alimentação saudável e comportamentos saudáveis.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos