António Guterres condena atentados no Paquistão e pede que se faça justiça

 

Nações Unidas, Nova Iorque, EUA, 23 Jun (Inforpress) – O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou hoje os dois atentados perpetrados no Paquistão e pediu que os responsáveis sejam levados à justiça.

Dezenas de pessoas morreram hoje e mais de uma centena ficaram feridas em dois ataques registados no noroeste e oeste do Paquistão.

“O secretário-geral envia as suas condolências às famílias das vítimas e deseja aos feridos uma rápida recuperação”, indicam as Nações Unidas em comunicado.

Guterres enviou também a sua solidariedade ao Paquistão e apoiou os seus esforços na “luta contra o terrorismo e o extremismo violento”.

Os ataques, que ainda não foram reivindicados, ocorreram a três dias do fim do Ramadão e do ‘Eid-ul-Fitr’, uma celebração que marca o fim do jejum do Ramadão e uma das festas mais importantes para os muçulmanos.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos