Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ano Agrícola: Governo reitera que todas as condições estão criadas para dar combate às pragas (c/áudio)

Tarrafal, 31 Ago (Inforpress) – As delegações do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) a nível nacional já têm todas as condições criadas para, no caso de houver surgimento de focos de gafanhotos ou lagarta-do-cartucho-do-milho, combatê-las.

A afirmação é do secretário do Estado para a Economia Agrária, Miguel da Moura, que esteve hoje no município do Tarrafal de Santiago para constatar ‘in loco’ o andamento da campanha agrícola 2021/22, após a queda das primeiras chuvas.

Segundo o governante, o combate às pragas foi desenhado a nível nacional, antes da queda das primeiras chuvas, daí estarem todas as condições criadas, desde logísticas, materiais, humanas e financeiras, para aquisição dos produtos químicos e biológicos.

Miguel da Moura assegurou que assim como a delegação do MAA no Tarrafal, as demais estão preparadas para dar combate às pragas.

No caso do Tarrafal em particular, assegurou que os equipamentos de combate já estão nas localidades e que as equipas do MAA estão também no terreno para combater as pragas de gafanhotos e lagarta-do-cartucho-do-milho.

Aliás, a mesma fonte enalteceu o facto de ser os próprios agricultores que, segundo ele, estão “animados” a entrarem em contacto com o MAA para fazer o tratamento das pragas no local.

Por tudo isso, Miguel da Moura assegurou que até o momento, o ano agrícola está a decorrer conforme foi planificado pelo MAA.

Além de analisar o ano agrícola e acompanhar os agricultores, o governante explicou que a sua visita ao Tarrafal e aos demais municípios já realizados e por realizar vai servir ainda para fazer a apresentação da matriz de planeamento territorializado do MAA para o mandato.

Este planeamento territorializado, conforme explicou, visa identificar as necessidades e potencialidades locais, para que se possa trabalhar um plano local em linha com o programa do Governo.

Durante a sua estada no Tarrafal, o secretário do Estado para a Economia Agrária visitou os campos agrícolas das localidades de Biscainho, Mato Brasil, Achada Moirão, Portal, Ganchemba, Achada Carreira, Achada Boi, Achada Grande e perímetro agrícola de Colonato.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos