Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ANMCV defende melhoramento do plano urbanístico dos municípios para garantir o desenvolvimento sustentável

Cidade da Praia, 29 Mai (Inforpress) – O presidente substituto da ANMCV defendeu hoje a necessidade de criação de condições para melhorar o plano urbanístico e dotar os municípios de mais instrumentos de gestão para garantir o seu desenvolvimento sustentável.

Herménio Fernandes falava à imprensa, à margem da cerimónia de encerramento do Fórum Nacional sobre sustentabilidade urbana, sob o lema “Hoje, amanhã, os municípios de Cabo Verde, implementando Cidades Sustentáveis”, promovido pela Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV), durante dois dias, na Cidade da Praia.

O presidente substituto da ANMCV destacou os ganhos conseguidos com a realização desse evento, afirmando que a associação quer garantir, a nível dos municípios, todas as condições para cumprir o Objectivo do Desenvolvimento Sustentável 11, que é o de criar cidades resilientes sustentáveis e seguras.

“Este fórum valeu a pena, estamos seguros que com a conclusão do projecto de cidades seguras e sustentáveis e com o novo projecto que é da reabilitação, ordenamento e valorização dos espaços urbanos, vamos trabalhar com mais afinco para que possamos ter infra-estruturas inclusivas, que permitam garantir cada vez mais e melhor qualidade de vida”, declarou.

Todo o trabalho que está a ser feito, conforme elucidou o autarca, visa criar qualidade de vida das pessoas, melhorando as acessibilidades, ajuntando, por outro lado, que Cabo Verde evoluiu com a conclusão do projecto cidades seguras, cidades sustentáveis.

De acordo com este responsável, a estratégia da ANMCV é efectivamente dotar os municípios de mais instrumentos de gestão dos espaços urbanísticos, justificando que sem essa medida dificilmente poderão dar passos seguros, que traduzam em desenvolvimento sustentável dos municípios do país.

Avançou, por outro lado, que durante a implementação do projecto cidades sustentáveis e seguras foi feito um diagnóstico em todos os municípios de Cabo Verde para promover a partilha de conhecimentos e boas práticas, indicando, entretanto, que todos os municípios ainda enfrentam desafios no que se refere à sua sustentabilidade.

“Todos os municípios têm desafios, uns mais que outros. Há uma necessidade de melhorarmos o nosso planeamento estratégico, o nosso planeamento urbanístico em particular. Estamos seguros que num espaço de cinco anos, este país vai mudar completamente porque temos instrumentos, financiamentos, que terão um impacto muito forte na criação de atractividades e competitividades”, salientou.

Além de garantir qualidade de vida para quem vive em Cabo Verde, concluiu Herménio Fernandes, a ANMCV pretende, de igual modo, criar condições para atrair mais investimentos externos e promover o turismo, visando garantir o desenvolvimento do país e combater a pobreza, um fenómeno que no seu entender afecta ainda várias famílias cabo-verdianas.

CM/JMV

Inforpress/Fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos